SC Braga: Djaló e Fonte de volta no ataque ao pódio
Álvaro Djaló deve voltar ao onze no SC Braga (Foto: IMAGO)

SC Braga: Djaló e Fonte de volta no ataque ao pódio

NACIONAL12.01.202417:18

Avançado e central regressam ao onze na deslocação ao Estádio do Dragão, no domingo (20.30 horas); defesa descansou na Taça de Portugal, frente ao Benfica; jogador espanhol não é titular há um mês, devido a problemas físicos.

Álvaro Djaló e José Fonte devem voltar ao onze de Artur Jorge, na visita ao reduto do FC Porto, este domingo às 20.30 horas, na 17.ª jornada (fim da 1.ª volta) da Liga, na qual o SC Braga, em caso de vitória, assume o 3.º lugar da classificação. O avançado espanhol, de 24 anos, esteve a contas com alguns problemas físicos, mas depois de não ter saído do banco no dérbi com o Vitória, acabou por ser utilizado no encontro dos ‘oitavos’ da Taça de Portugal, com o Benfica.

 O treinador lançou-o ao minuto 56 para substituir Rony Lopes, se bem que ainda eram visíveis as ligaduras na sua perna direita. No entanto, Djaló está aparentemente totalmente recuperado e pode voltar a ser titular um mês depois - o último jogo de início foi a 17 de dezembro, na receção do SC Braga ao Benfica, para a Liga.

A maior dúvida prende-se pela posição no campo que vai ocupar, pois o técnico dos arsenalistas já admitiu ter planos para jogar sem ponta de lança fixo. Por um lado tem dado bastante confiança a Abel Ruiz (titular na ausência de Banza), mas o regresso de Djaló pode trazer um ataque diferente, com o próprio a assumir a posição 9, com Rony e Ricardo Horta nas alas. Isto caso Bruma continue indisponível para este embate com os dragões, caso contrário o internacional português pode entrar para uma das alas.

Também o experiente (40 anos) central português José Fonte pode voltar à equipa, depois de ter descansado no Estádio da Luz. Na prova rainha, contra o Benfica, Artur Jorge utilizou a dupla Serdar e Paulo Oliveira, sendo que o jogo não correu bem a nenhum deles. Com Niakaté ausente no CAN, o jovem turco deve manter-se no eixo defensivo e Paulo Oliveira volta à condição de suplente.

Matheus volta a assumir a baliza e Al Musrati continua em dúvida para o clássico deste domingo, mas o mais provável é que volte a falhar mais um jogo. O médio, de 27 anos, está parado há um mês (última utilização foi a 12 de dezembro em Nápoles para a Liga dos Campeões) e, assim, o meio-campo deve manter-se com o mesmo trio: Vítor Carvalho, João Moutinho e Rodrigo Zalazar.

Recorde-se que os bracarenses não vencem no Estádio do Dragão, para a Liga, desde 2019/20, em que orientados por Rúben Amorim ganharam por 2-1 (Fransérgio e Paulinho marcaram para os minhotos e Tiquinho Soares fez o golo do FC Porto), igualmente na 17.ª ronda e viragem de calendário.