Mercado: guarda-redes português com valorização fortíssima, Rafa em quebra
Ricardo Velho no jogo com o Rio Ave. Foto: IMAGO

Mercado: guarda-redes português com valorização fortíssima, Rafa em quebra

NACIONAL06.06.202414:32

A BOLA teve acesso em primeira mão à última atualização da liga portuguesa no site transfermarkt

Em termos percentuais, a maior valorização de cotação no mercado português nos últimos três meses para o transfermarkt pertenceu a Ricardo Velho. O guarda-redes do Farense passou a valer 3 milhões de euros em vez dos anteriores 800 mil, o que aponta para um crescimento de 275%.

Destaque logo depois para a subida de 200% de Pedro Santos, do Arouca (500 mil para 1,5 milhões), para os 150% de Weverson, do mesmo emblema (de 600 mil para 1,5 milhões) e os 140% de Jota Silva e Rodrigo Gomes (ambos de 5 para 12 milhões), respetivamente do V. Guimarães e do Estoril, emprestado pelo SC Braga.

No plano oposto, Luís Neto e José Fonte, que respetivamente deixaram Sporting e SC Braga, passaram a valer 100 mil euros, o que significa uma quebra de 66,7%. Antonio Adán, que acaba contrato com os leões, Pepe, que vai deixar o FC Porto, e Ronie Carrillo, do Portimonense, passaram a estar cotados em apenas 500 mil euros e tiveram também uma descida acentuada: 37,5%.

Como curiosidade, João Mário e Nicolás Otamendi caíram 33,3%, passando a estar cotados, respetivamente, 4 milhões e 1 milhão de euros.