Jota Silva cada vez mais decisivo

Jota Silva cada vez mais decisivo

NACIONAL04.12.202309:28

Avançado apontou o golo da vitória frente ao Farense e já leva cinco na época. Já ultrapassou registo goleador da temporada passada. Ex-guarda-redes Beto foi seu companheiro no Leixões e já antecipava sucesso

Jota Silva foi decisivo no triunfo por 2-1 do Vitória de Guimarães, na visita ao reduto do Farense, na 12.ª jornada da Liga, ao apontar o segundo golo dos vimaranenses, aos 87 minutos, que garantiu os três pontos. O avançado foi titular em todos os jogos na presente temporada e já leva cinco golos (também quatro assistências), sendo o seu melhor registo goleador no principal escalão do futebol nacional, pois no ano passado apontou somente quatro.

Ainda faltam muitos jogos e pode muito bem estar a encaminhar-se para a melhor época de sempre em termos de golos. Até agora, no Casa Pia em 2021/22 marcou 14 e no Sousense, em 2018/19, apontou 15.

Beto, ex-guarda-redes de FC Porto e Sporting por exemplo, foi companheiro de Jota Silva no Leixões na temporada 2020/21, quando na altura o jovem de 21 anos subiu à equipa principal dos leixonenses, vindo dos sub-23, e já antecipava sucesso. «Acima de tudo tinha uma relação muito boa com ele. Ele era miúdo e à parte das suas características como jogador, é muito bom miúdo. Tinha um carinho muito grande por ele e ajudei-o, penso eu,  bastante a melhorar o seu jogo. Tem uma mentalidade muito forte, tem garra, vontade  e deixa tudo em campo. É um jogador à imagem do Vitória. Na altura faltava limar algumas arestas na decisão. Mas, cresceu muito e melhorou bastante. Em nada surpreendeu o interesse do Vitória, pois tem características muito boas que se adaptam bem ao clube e lhe permitem estar neste momento de forma atual», explicou a A Bola.

O ex-internacional português reconhece a evolução do antigo companheiro na 1.ª Liga, pois no Leixões demonstrava alguma ineficácia. «O crescimento dele tem sido sustentado. Nunca perdendo as suas características que o levaram a ser cobiçado. Aperfeiçoando e limando questões na hora da decisão iria ser muito melhor, pois sempre teve muita facilidade para chegar à frente do guarda-redes adversário, depois pecava um pouco na eficácia e na decisão. Mas, lá está, foi melhorando e isso torna-o num jogador de enorme valor. Oxalá continue a melhorar, a crescer e que ainda possa elevar mais o nível na sua carreira», destacou.