França pressiona Comissão Europeia a agir contra a Superliga
Emmanuel Macron, presidente francês (IMAGO / ABACAPRESS)

França pressiona Comissão Europeia a agir contra a Superliga

INTERNACIONAL08.02.202409:09

Emmanuel Macron redigiu declaração conjunta para «preservar uma ligação entre os desempenhos anuais nas provas nacionais e todas as competições europeias». Espanha recusou juntar-se à iniciativa

Emmanuel Macron está a pressionar a Comissão Europeia a agir contra a Superliga. A informação é avançada pelo portal Politico, que refere que o presidente francês redigiu um documento que tem como objetivo «preservar uma ligação entre os desempenhos anuais nas provas nacionais e todas as competições europeias». 

O líder gaulês entende que deve existir uma correlação direta entre as competições domésticas e a participação nas provas europeias e pretende convencer a Comissão Europeia a colocar em prática leis de forma a que essa situação fique assegurada, protegendo as competições organizadas pela UEFA.

Espanha terá sido o único país da União Europeia a recusar assinar a declaração conjunta promovida por Macron contra a Superliga. Recorde-se que Barcelona e Real Madrid são a favor da Superliga.