Casa Pia-Gil Vicente: gansos e galos 'lutam' pela bicada certeira
Estádio Municipal de Rio Maior recebe duelo da 28.ª jornada da Liga entre gansos e canarinhos. (Foto: A BOLA)

ANTEVISÃO Casa Pia-Gil Vicente: gansos e galos 'lutam' pela bicada certeira

NACIONAL03.03.202408:00

Lisboetas e barcelenses estão empatados na tabela classificativa e se alguma das equipas sair vencedora dará um passo importante rumo à permanência; Gonçalo Santos está imparável desde que assumiu o comando dos casapianos; Vítor Campelos procura igualar a melhor série da época dos gilistas

Um duelo de aves. Assim pode ser catalogado este embate entre Casa Pia e Gil Vicente, referente à 24.ª jornada da Liga, e que está agendado para as 15.30 horas, no Estádio Municipal de Rio Maior.

Gansos e galos chegam a esta partida com o objetivo de lutarem pela melhor bicada, sendo que o momento de ambas as equipas é bastante positivo. Além de viverem dias felizes, lisboetas e barcelenses estão também igualados na tabela classificativa, ambos com 26 pontos.

Depois do jogo desta tarde, ficarão a faltar 10 para o final do Campeonato, o que significa que o cerco começa a ficar apertado para as equipas que lutam pela permanência. Casa Pia e Gil Vicente têm, nesta altura, uma segurança relativa no que concerne a essas contas, mas o melhor mesmo é não facilitar em demasia. Pelo exposto, se alguma equipa conseguir triunfar no embate de hoje, então dará um passo importante para continuar na elite nacional na próxima temporada.

CASA PIA

Falar de Casa Pia por esta altura é falar de... Gonçalo Santos. O novo treinador teve uma entrada de rompante no comando técnico e em dois jogos somou... seis pontos.

Novo técnico casapiano tem estado imparável. (Foto: Casa Pia AC)

A estreia aconteceu em Rio Maior, diante do Arouca (1-0), sendo que o sucesso manteve-se na ronda seguinte, no reduto do Vitória de Guimarães (2-0). Em ambos os triunfos houve um denominador comum: Clayton. O ponta de lança brasileiro marcou nos dois jogos, com Pablo Roberto a fazer também o gosto ao pé no Minho.

Os gansos estão, pois, embalados, até porque na temporada em curso nunca tinham conseguido vencer dois jogos seguidos. Já tinham estado numa série de quatro partidas consecutivas sem perder - Boavista (1-1), Rio Ave (1-1), Arouca (1-0) e Vitória de Guimarães (0-0), todas na primeira volta, mais precisamente entre as jornadas 3 e 6 -, é um facto, mas duas vitórias seguidas é mesmo novidade. Quem sabe se o registo não melhora ainda mais nesta ronda...

Equipa provável (3x4x3): Ricardo Batista; Fernando Varela, Tchamba e Zolotic; Larrazabal, Ângelo Neto, Rafael Brito e Leonardo Lelo; Rúben Lameiras, Clayton e Pablo Roberto

Lesionados: Kiki Silva e Felippe Cardoso (em dúvida)

Castigados: -

Figura: Clayton

O melhor marcador da equipa (oito golos na Liga e quatro na Taça da Liga) parece estar de regresso à melhor forma e nos últimos dois jogos fez o gosto ao pé. As novas dinâmicas implementadas por Gonçalo Santos parecem estar a assentar que nem uma luva nas caraterísticas do ponta de lança brasileiro e, já se sabe, um goleador com confiança está ainda mais perto de faturar. O camisola 99 é um dos trunfos dos gansos para que a terceira vitória consecutiva possa ser uma realidade...

A antevisão de Gonçalo Santos (treinador do Casa Pia):

GIL VICENTE

Também há motivos para sorrir no balneário dos gilistas. Os galos vêm de uma vitória (3-1 ao Estoril) e de um empate (1-1 com o FC Porto), resultados que permitiram reabilitar os índices de confiança dos comandados de Vítor Campelos que, antes disso, tinham somado dois desaires consecutivos (0-3 com o Benfica e 0-1 com o Vizela).

E à porta pode estar o igualar do melhor registo da época para os galos. Entre as jornadas 17 e 19, o Gil Vicente esteve três partidas seguidas sem conhecer o sabor da derrota (2-2 com o Estrela da Amadora, 2-0 diante do Portimonense e 1-0 sobre o Vitória de Guimarães), pelo que, caso vença o Casa Pia, esta tarde, repete esse feito.

Equipa provável (4x3x3): Andrew; Alex Pinto, Gabriel Pereira, Rúben Fernandes e Leonardo Buta; Pedro Tiba, Mory Gbane e Martim Neto; Murilo, Félix Correia e Tidjany Touré

Lesionados: Zé Carlos, Kiko Pereira e Depú

Castigados: -

Figura: Félix Correia

O jovem avançado, de apenas 23 anos de idade, tem estado a emergir nos últimos tempos. Possuidor de uma velocidade estonteante, o antigo internacional sub-21 português é um quebra-cabeças para as defensivas contrárias e, jogando pelas alas ou no centro do ataque, promete ser, também hoje, um problema sério para o último reduto dos gansos. É titular há nove partidas consecutivas, período em que apontou dois dos quatro golos que leva na presente edição da Liga. O último dos quais foi no triunfo de há duas jornadas, no terreno do Estoril, pelo que Félix Correia chega motivado a Rio Maior...

A antevisão de Vítor Campelos (treinador do Gil Vicente):

É, pois, sob o desígnio do equilíbrio que Casa Pia e Gil Vicente medirão forças esta tarde em Rio Maior - casa emprestada aos lisboetas enquanto decorrem as obras em Pina Manique. O empate será, pode dizer-se, um mal menor para as duas equipas, que se manterão em zonas tranquilas da tabela, mas caso alguma delas consiga conquistar os três pontos ficará muito perto de selar a permanência no principal escalão do futebol português. Prevê-se um duelo interessante entre gansos e galos que procuram... a bicada certeira.