Villas-Boas promete rever protocolo com os SuperDragões
André Villas-Boas marca posição sobre as claques. Foto: GRAFISLAB

Villas-Boas promete rever protocolo com os SuperDragões

NACIONAL25.01.202419:44

«Há associados e casas que se queixam de estrangulamento no acesso à bilhética do clube», refere

Tema incontornável na conferência de imprensa foi a relação que terá André Villas-Boas com a claque SuperDragões. «Já falei sobre isso recentemente. Há um conjunto de tradições em relação aos GOA, que todos os associados respeitam. No entanto, cabe-nos entender os processos e protocolos que estão associados aos Grupos Organizados de Adeptos neste momento e ver se há algo que seja desrespeitador dos restantes sócios. Só teremos esse aprofundar quando lá chegarmos e nos sentarmos com os próprios. Há associados e casas que se queixam de estrangulamento no acesso à bilhética do clube, por estarem consumidos pelos GOA. Cabe-nos perceber da melhor forma os associados, de forma clara e equitativa. Só poderemos cumprir quando lá chegarmos e tivermos completa noção dos protocolos assumidos com as claques e perceber porque é que há esse desentendimento com os restantes associados», refere.

Entretanto, e questionado se não haverá uma maior divisão com o avanço da sua candidatura, André Villas-Boas é taxativo: «Não entendo a divisão atual desse modo. Há dois candidatos, poderá haver três, mas depois há o caminho que as pessoas escolhem democraticamente. Há que convencer as pessoas que votaram por outros candidatos, que esta foi a melhor escolha. Esperamos convencer os mesmos com vitórias e assumindo o compromisso com a vitória, o ADN do FC Porto é ganhar e é o nosso objetivo. Ninguém está aqui para pôr o FC Porto perdedor daqui para a frente. São as vitórias que nos dão trofeus e orgulho», refere.