V. Guimarães: João Mendes regressa com estrondo
João Mendes voltou de lesão e marcou em Braga. (FOTO: VITÓRIA SC)

V. Guimarães: João Mendes regressa com estrondo

NACIONAL07.01.202417:13

Médio voltou de lesão e foi essencial para garantir um ponto na deslocação a Braga; esteve de fora praticamente um mês, devido a problemas musculares; já está na sua época mais goleadora de sempre.

João Mendes voltou às opções de Álvaro Pacheco, anteontem, na deslocação do Vitória ao reduto do SC Braga, a contar para a 16.ª jornada da Liga. Um regresso feliz, já que o médio contratado este verão ao Chaves, marcou o golo que garantiu a conquista de um ponto (1-1) para os vimaranenses. E que golo! Um remate de primeira, sem preparação, que saiu com uma velocidade alucinante e não deu hipóteses a Matheus, guarda-redes dos bracarenses. Tendo sido obtido bem perto do final do encontro, motivou festejos exuberantes e João Mendes celebrou bastante, pois esteve praticamente um mês parado, devido a problemas musculares.

O médio, que até tem jogado mais perto dos avançados, não jogava desde 9 de dezembro, na receção do Vitória de Guimarães ao Sporting (triunfo por 3-2), na 13.ª ronda do Campeonato Nacional. Depois de ter falhado a deslocação ao Estádio do Bessa (1-1) e a partida com o Rio Ave (1-0) no D. Afonso Henriques, foi finalmente para o banco. Álvaro Pacheco apostou no jogador, de 29 anos, aos 75 minutos (colocando-o no lugar de Tomás Handel) e recolheu os frutos da veia goleadora de João Mendes que está bem ativa.

Na presente temporada, o ex-flaviense, já leva seis golos e duas assistências e foram todos conseguidos no campeonato. Sendo um médio, marcar não é o seu ponto mais forte e estes números são os melhores de sempre, para já. A sua época mais goleadora foi em 2014/15 ao serviço do Gouveia - no Campeonato de Portugal - com cinco tentos.

Até à lesão, João Mendes era peça essencial no onze do Vitória e está a realizar uma primeira metade de temporada muito bem conseguida. O médio participou em 18 dos 21 jogos da equipa - só esteve ausente após expulsão na Luz e agora por motivos físicos -, com 15 como titular e três como suplente utilizado. Antes deste regresso e dos dois jogos falhados, vinha de onze titularidades consecutivas. Algo que deve recuperar, até de forma a ganhar o melhor ritmo competitivo, já esta quinta-feira nos oitavos-de-final da Taça de Portugal, em que o V. Guimarães recebe o Penafiel.