Pedro Moreira dá o mote no Casa Pia: «É fundamental alterar estes dois pontos em casa para algo mais»
Fernando Varela, João Nunes, Pablo Roberto e Gaizka Larrazabal, do Casa Pia, celebram um golo apontado na Liga portuguesa de futebol. Foto: Atlantico Press/Imago.

Pedro Moreira dá o mote no Casa Pia: «É fundamental alterar estes dois pontos em casa para algo mais»

NACIONAL01.12.202315:14

Frente ao Portimonense, o técnico irá estrear-se na Liga ao comando dos lisboetas e procura assegurar o primeiro triunfo da equipa a jogar em casa desde o início da competição

Esta semana, Pedro Moreira salta de estreia em estreia: uma semana depois de ter realizado o primeiro encontro oficial ao comando do Casa Pia, o técnico irá conduzir a equipa pela primeira vez na Liga.

O técnico espera alcançar um resultado diferente daquele que obteve pela Taça de Portugal, ante o Nacional, - 0-0 e 5-6 nos penáltis, o que ditou a eliminação da prova - ao qual não confere uma avaliação tão negativa quanto aquela com que se deparou a partir da crítica.

«Naturalmente, não foi o resultado que pretendíamos, mas está tudo a olhar para o jogo como se tivéssemos levado uma goleada ou tivéssemos perdido o jogo e não foi isso que se passou. Foi um jogo difícil», constatou, considerando ter encontrado vários indícios positivos do coletivo nesse encontro que espera confimar este sábado, na receção ao Portimonense.

A confirmar-se uma entrada ganhadora de Pedro Moreira na Liga, tal constituiria outra... estreia e a dobrar: o técnico alcançaria o primeiro triunfo desde a sua chegada e o Casa Pia venceria pela primeira vez em casa para a Liga, visto que desde o início da competição apenas conseguiu duas igualdades, frente a Rio Ave e Vitória de Guimarães, tendo sido derrotado nos restantes três encontros que realizou enquanto visitado.

Alcançar, por fim, a primeira vitória em casa foi único objectivo estipulado por Pedro Moreira ao início desta tarde, em Pina Manique, na conferência de antevisão à receção aos algarvios, que está agendada para este sábado em Rio Maior.

«Aquilo que é fundamental para esta equipa é alterar estes dois pontos que temos em casa para algo mais», atirou o treinador, como repto para o encontro no qual o triunfo permitirá, pelo menos, manter margem pontual sobre os lugares de despromoção.

Pedro Moreira reiterou a sua total confiança no seu plantel e, tal como havia indicado no momento da sua apresentação, considerou irrelevante falar na reabertura do mercado ainda com tão pouco tempo de trabalho.

«Em 15 dias de trabalho, como devem imaginar, o meu foco não pode ser esse (o mercado). O meu foco não é realmente esse e é o que está a acontecer aqui e estamos a olhar para aqueles que temos», garantiu por fim, contando com uma alteração obrigatória a meio-campo, já que Ângelo Neto cumprirá um jogo de castigo e abre uma vaga que será disputada por Samuel Justo e Beni que, apurou A BOLA, tem gerido um problema físico mas irá integrar a convocatória.