Filipa Patão: «O Apollon iria lutar pelos primeiros três ou quatro lugares em Portugal»
Filipa Patão, treinadora do Benfica

Filipa Patão: «O Apollon iria lutar pelos primeiros três ou quatro lugares em Portugal»

Treinadora das águias projetou jogo da segunda mão após vitória por 7-0 em Chipre

A equipa feminina do Benfica volta a entrar em campo esta quarta-feira para a Liga dos Campeões, na receção ao Apollon, para a segunda mão da segunda fase de qualificação para a fase de grupos da prova. Um formalismo, no fundo, já que as águias venceram por 7-0 em Chipre na primeira mão.

Ainda assim, a treinadora Filipa Patão garante que os níveis de motivação estarão no máximo e que não fará revolução na equipa.

 «As jogadoras já por si estão motivadas, sabem que é um jogo da segunda ronda da Liga dos Campeões e independentemente do resultado da primeira mão querem novamente fazer uma boa exibição e ganhar o jogo. Acima de tudo, a equipa tem de ter rendimento e as jogadoras têm de conquistar o direito de jogar. Não quer dizer que não possamos dar minutos a outras jogadoras, mas não vamos colocar em causa nada do que é o rendimento e a progressão que queremos. Não é por ser um jogo menos estimulante ou menos competitivo que isso lhes dá o direito de estarem lá dentro. Elas têm de conquistar esse direito», disse em conferência de imprensa.

Filipa Patão vincou ainda que o Apollon «tem uma equipa competente», apesar do desfecho registado no primeiro jogo: «Sei que o resultado foi de 7-0, mas isso não é demonstrativo da qualidade do adversário. É uma equipa que em Portugal iria lutar pelos primeiros três ou quatro lugares. Simplesmente o Benfica fez um bom jogo, foi muito competente em todos os momentos e isso traduziu-se num resultado dilatado.»

Também Ana Seiça marcou presença no encontro com os jornalistas. «Temos um plantel muito competitivo e com muita qualidade. Não é fácil ganhar um lugar para estar lá dentro. Mesmo com 7-0, jogamos em casa e para nós não há maior motivação do que jogar perante os nossos adeptos», garantiu a internacional portuguesa.

 O jogo está agendado para amanhã às 19.30 horas, no Seixal, e o sorteio da fase de grupos realiza-se na sexta-feira, às 12:00, em Nyon, na Suíça.