FC Porto: sem nada em discussão, mas com muito a ganhar
Estádio do Dragão. Foto: FC PORTO

FC Porto: sem nada em discussão, mas com muito a ganhar

NACIONAL22.12.202321:33

Feridos no orgulho, os dragões cumprem apenas calendário com o Leixões; Sérgio Conceição deseja reação enérgica e não vai facilitar no onze

Apesar de ser um jogo a feijões, como se diz habitualmente na gíria futebolística, o FC Porto não parece disposto a facilitar diante do Leixões, amanhã à noite, num Dragão que deverá acolher perto de 50 mil espetadores. Desengane-se que pensa que Sérgio Conceição vai facilitar a vida ao Leixões ou promover uma profunda remodelação no onze, que terá como primeira novidade Cláudio Ramos na baliza, ainda que a possibilidade de Samuel Portugal se estrear oficialmente pelos dragões fosse uma hipótese a considerar. 

Perante o castigo de dois jogos aplicados a Pepe e à despromoção de David Carmo à equipa B, restam dois defesas-centrais —Fábio Cardoso e Zé Pedro —, sendo que nas laterais devem constar os nomes de Jorge Sanchéz à direita e de João Mendes (ou Wendell) à esquerda. No meio-campo, Francisco Conceição deve surgir no lugar normalmente ocupado por Pepê, ao passo que no corredor central Alan Varela e Eustáquio devem manter a titularidade — Grujic e André Franco também reclamam uma oportunidade nessa zona do terreno, ficando a dúvida em relação a quem ocupará o lado esquerdo do meio-campo: Iván Jaime ou Galeno. Na frente de ataque deverá surgir Evanilson, que continua a ser o melhor marcador dos portistas com onze golos nas em todas as competições, podendo ter desta feita a companhia do espanhol Fran Navarro. Obviamente tudo isto é no campo das suposições e Sérgio Conceição terá certamente outras ideias em mente. 

ENCHENTE NO DRAGÃO

O Estádio do Dragão deve registar esta noite uma enchente ou muito perto disso. Segundo os dados revelados pelo FC Porto, faltam pouco mais de 1500 para se atingir a lotação esgotada, o que pode acontecer ainda durante as horas que antecederem o encontro.