Estrela da Amadora: Pedro Proença visitou renovado Estádio José Gomes
O presidente da Liga de Clubes, Pedro Proença (à esquerda), e o presidente da SAD do Estrela da Amadora, Paulo Lopo (à direita), nas instalações do emblema amadorense. Foto: Liga de Clubes.

Estrela da Amadora: Pedro Proença visitou renovado Estádio José Gomes

NACIONAL06.03.202422:18

Presidente da Liga de Clubes visitou recinto dos tricolores; melhorias foram conhecidas e presidente do clube amadorense, Paulo Lopo, anunciou novidades para o futuro

Na antevéspera de receber um dos encontros que servirá de abertura à 26.ª jornada da Liga, com um dérbi lisboeta ante o Estrela da Amadora e o Casa Pia na sexta-feira, o Estádio José Gomes recebeu na manhã desta quarta-feira a visita do presidente da Liga de Clubes, Pedro Proença.

O responsável máximo pela Liga conheceu in loco as renovadas infraestruturas do Estrela da Amadora que, recorde-se, procedeu a alterações profundas de forma a realizar a sua participação na Liga de Clubes com normalidade, disputando os jogos em casa no seu recinto. Pedro Proença visitou a histórica casa estrelista, sita na Reboleira, acompanhado pelo Diretor Executivo da Liga de Clubes, Rui Pereira Caeiro, e ambos ficaram a conhecer as condições do Estádio José Gomes e ainda o projeto ainda a executar para o recinto.

Anfitrião da visita, o presidente da SAD do Estrela, Paulo Lopo, elogiou o presidente da Liga. «Pedro Proença representa a evolução do futebol em Portugal, por tudo o que criou no desenvolvimento da Liga Portugal, inclusivamente com a construção da nova sede», enalteceu.

«Por isso, sei que, para ele, é também importante ver que nos clubes trabalhamos para o acompanhar, tentando melhorar as condições dos estádios para recebermos os adeptos», sublinhou o líder da SAD dos tricolores, que anunciou o próximo passo no que respeita aos melhoramentos ainda a efetuar.

«Estamos a recuperar os camarotes e queremos também fazer uma cobertura para dar mais dignidade ao estádio. Temos um projeto de renovação completo, com um estádio virado para a cidade, que funcione todos os dias, com vários espaços comerciais», revelou Paulo Lopo.

O presidente da SAD do Estrela da Amadora fez menção a um passo visto como determinante para o futuro do conjunto amadorense, que à data não possui espaço próprio para a realização de treinos além do seu próprio estádio, pelo que recorre a alternativas externas. «Temos o projeto para a construção de uma academia em Sintra, cujo protocolo esperamos ter fechado até final da época», acrescentou, por fim, Paulo Lopo.