AG adiada para 5 de fevereiro; Direção vai regularizar salários em breve
Vítor Murta, presidente do Boavista. Foto: IMAGO

AG adiada para 5 de fevereiro; Direção vai regularizar salários em breve

NACIONAL26.12.202317:10

A Assembleia-Geral eleitoral do Boavista foi adiada para 5 de fevereiro

A Assembleia Geral (AG) eleitoral da SAD do Boavista, inicialmente agendada para esta quarta-feira (27 de dezembro), foi adiada para 5 de fevereiro, comunicou o clube do Bessa esta terça-feira.

A BOLA sabe que a prioridade da atual direção, até à data de novas eleições, passa por regularizar os salários em atraso que têm afetado jogadores e funcionários do Boavista, situação que deverá ser resolvida nos próximos dias.

A sociedade maioritária Jogo Bonito, de Gérard Lopez, comunicou ao Presidente da Mesa, Álvaro Braga Júnior, que a AG não tinha condições para se realizar, uma vez que não seria possível indicar atempadamente «os órgãos da administração a serem votados».

Perante este cenário, o atual presidente da SAD, Vítor Murta, que cessava funções em 31 de dezembro, irá manter-se no cargo pelo menos até novas eleições.

Comunicado do presidente da Mesa da Assembleia Geral da SAD:

«A Mesa da Assembleia Geral comunica que a reunião ordinária da Assembleia Geral, prevista para o dia 27 de dezembro, pelas 17:00, será adiada em virtude do requerimento apresentado pela principal acionista – Jogo Bonito, SARL - informando da impossibilidade prática de, atempadamente, indicar os órgãos da administração a serem votados, não se encontrando reunidos os pressupostos para a realização da assembleia geral.

Assim, convocam-se os Senhores Acionistas da Boavista Futebol Clube, Futebol S.A.D., (a "Sociedade"), para a Assembleia Geral Ordinária, que terá lugar na sede social, no Auditório do Estádio do Bessa, no Porto, no próximo dia 5 de fevereiro de 2024, às 18:30, com a seguinte ordem de trabalhos:

UM – Proceder à eleição dos membros dos órgãos sociais para o mandato de 2024/2026;

DOIS – Deliberar sobre a dispensa de prestação de caução dos membros do conselho dos órgãos de administração e fiscalização;

TRÊS – Outros assuntos de interesse para a Sociedade».