Abel Ferreira assume culpa: «Não posso vender sonhos»

Palmeiras 10-10-2021 10:14
Por Redação

O primeiro encontro entre Abel Ferreira e os adeptos do Palmeiras no Allianz Parque, este sábado, não foi o ideal, com a equipa a ser derrota pelo Bragantino por 2-4 em jogo da 25.ª jornada. A terceira derrota em quatro jogos, que levou os adeptos a brindar a equipa com vaias no final e os gritos de «equipa sem vergonha».

 

Abel Ferreira agradeceu o apoio e percebeu os apupos: 

 

«"Estamos mal. É um momento de raiva, de dor para quem gosta do Palmeiras, queremos mais e melhor. Mas é isso que quero dos nossos adeptos, que nos apoiem durante o jogo todo e nos cobrem após o final. Hoje para mim fica o registo positivo que durante os 90 minutos a torcida do Palmeiras apoiou sempre a equipa.»

 

Posso dizer que os adeptos ganham jogos. Nós com uma equipa top e estes adeptos a empurrar... Chegámos ao 2-3 (depois de estar a perder 0-3) e só havia 30% da lotação no estádio? Sim, os adeptos ganham jogos. Não é sempre que se leva quatro golos, eles viram que os jogadores estavam a correr e apoiaram. No final, cobrem. Hoje não merecíamos outra coisa que não fosse vaias», reconheceu.

 

Sobre as contas do título, com o Atlético Mineiro agora a 14 pontos, o treinador português foi direto: «Tenho que ser realista, não posso vender sonhos. Quando se vê um Atlético Mineiro fortíssimo, sem facilitar nada e um Flamengo também fortíssimo... Há muito jogo pela frente e temos que nos lembrar que temos um jogo no dia 27 [a final da Libertadores frente ao Flamengo] e estes jogos do Brasileirão é que nos vai preparar.»

Ler Mais
Comentários (6)

Últimas Notícias