Harvey Weinstein considerado culpado de dois crimes sexuais

Estados Unidos 24-02-2020 17:26
Por Redação

O produtor norte-americano Harvey Weinstein, de 67 anos, foi condenado por duas agressões sexuais, esta segunda-feira, em Nova Iorque.

 

O júri de um tribunal de Manhattan considerou Weinstein culpado de agressão no caso da assistente de produção Mimi Haleyi, em 2006, e de violação no caso da aspirante a atriz Jessica Mann, em 2013.

 

O produtor enfrenta, agora, uma pena de 25 anos de prisão.

 

A acusação do poderoso produtor foi um momento-chave do movimento ‘#MeToo’: mais de 80 mulheres, incluindo atrizes famosas, acusaram Weinstein de crimes sexuais, do assédio à violação, agressões que terão decorrido ao longo de décadas.

 

«O homem aqui sentado não era apenas um titã de Hollywood, era um violador», disse a procuradora Meghan Hast no início do julgamento - Weinstein enfrenta ainda acusações do mesmo teor no estado da Califórnia.

 

Das cinco acusações que enfrentava, Weinstein foi absolvido das duas mais graves, de agressão sexual predatória, que acarretavam uma sentença de prisão perpétua - foi ainda absolvido do crime de violação em primeiro grau.

 

Harvey Weinstein sempre negou as acusações e afirmou que os atos sexuais foram consensuais.

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Ler Mais

Últimas Notícias