Toyota na 'pole position' em Le Mans

Automobilismo 18-09-2020 13:43
Por José Caetano

A Toyota, pelo 4.º ano consecutivo, garantiu a primeira posição da grelha de partida nas 24 Horas de Le Mans (amanhã, 13h30). A equipa nipónica, que procura a 3.ª vitória em três anos na corrida mais importante do Campeonato do Mundo de Resistência (WEC), conseguiu-o com o TS050 Hybrid #7, mas o japonês Kamui Kobayashi, o piloto de ‘serviço’, falhou o objetivo de melhorar o recorde da volta ao circuito de La Sarthe, ao cumprir os 13,626 km em 3.15,267 m, registo pior do que os 3.14,791 m de 2017.

 

Na estreia do formato Hyperpole – participaram apenas os seis mais rápidos na qualificação de ontem, nas quatro categorias admitidas em Le Mans –, o Toyota #7 de Kobayashi, José María López e Mike Conway derrotou o Rebellion R13-Gibson de Gustavo Menezes por 0,555 s. Na 3.ª posição, Kazuki Nakajima, no Toyota #8, com 3.16,649 m

 

Na categoria LMP2, 1.ª posição para o Oreca 07-Gibson #22 da United Autosports, com Paul di Resta a percorrer La Sarthe em 3.24,528 m, registo que consolida o favoritismo da equipa que integra o piloto português Filipe Albuquerque. António Félix da Costa, no Oreca 07-Gibson #38 da JOTA, terminou a qualificação na 7.ª posição e ficou de fora da Hyperpole.

 

Em LMGTE Pro, 'pole position' para o Porsche 911 RSR #91 da equipa oficial da marca alemã (Bruno, Lietz e Makowiecki) e, em LMGTE Am, Ferrari 88 GTE Evo #61 da Luzich Racing (Piovanetti, Negri Jr. e Ledogar) no topo da tabela de tempos.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias