Polémica: Equador usou jogador colombiano e pode falhar Mundial

CONMEBOL 26.04.2022 20:40
Por Redação

Está instalado o caos na América do Sul e no apuramento da CONMEBOL para o Mundial-2022. Tudo porque a seleção do Equador, que garantiu a qualificação direta no 4.º lugar (atrás de Brasil, Argentina e Uruguai), terá utilizado um jogador de nacionalidade… colombiana.


A imprensa colombiana revela a cédula de nascimento que mostra que o jogador terá nascido em Tumaco, na localidade de Nariño, na zona fronteiriça entre Equador e Colômbia. Já em janeiro de 2019, Byron Castillo, jogador do Barcelona Guayaquil, esteve a braços com problemas com a justiça devido a falsificação de documentos para adulteração de identidade e a federação de futebol do Equador não terá na sua posse quaisquer documentos que comprovem a naturalização do jogador e consequente possibilidade de o mesmo jogar pela seleção.


Por utilização irregular de Castillo, o Equador poderá perder todos os pontos que conquistou nos oito jogos em que o atleta atuou, contra Chile, Bolívia, Argentina, Uruguai e Paraguai. Se tal acontecer, o Equador cairá para o último lugar da classificação e será o Peru a apurar-se diretamente e a Colômbia a ir ao 'play-off' intercontinental (frente a Emirados Árabes Unidos ou Austrália).


O assunto está a ser tratado por advogados da CONMEBOL, FIFA e TAS, esperando-se uma decisão oficial para breve.


Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias