O plano do Sporting para atacar o título
Ruben Amorim quer ter asas para o título. TIAGO PETINGA/LUSA

O plano do Sporting para atacar o título

NACIONAL20.12.202308:00

Vitória no clássico deixa Sporting na liderança e a sonhar cada vez mais com o título (e/ou os milhões da Champions); central é o ‘problema’: leão ‘ganhou’ Quaresma mas pode perder Inácio

A vitória no clássico com o FC Porto (2-0) deixou o Sporting isolado na liderança da Liga e a sonhar com o título nacional. É quase janeiro e os leões estão na luta com o  mercado de inverno quase a abrir e com investimentos para fazer. E podem ser três os reforços que Rúben Amorim vai receber: um central, um médio e um extremo.

Novidade nesta equação é o extremo, que faz então subir para três o número de novos jogadores para a segunda metade da temporada. O médio também é certeza, a incógnita passa agora a ser o central: era posição prioritária mas o renascer de Eduardo Quaresma, com a magistral exibição no clássico, garante-lhe a continuidade no plantel até final da época (ver página 3) e pode convidar os leões pouparem o investimento nessa posição… O problema é que Gonçalo Inácio é cada vez mais cobiçado e ainda na segunda-feira foi mais uma vez observado in loco por grandes clubes europeus, de várias ligas, que podem mesmo avançar com os 60 milhões da cláusula de rescisão, valor pelo qual admite deixar sair o internacional português. E nesse caso, volta a entrar o central na equação.

Eduardo Quaresma encantou adeptos e companheiros com a exibição no clássico. MIGUEL NUNES/ASF

No caso específico da possível saída de Inácio, os leões têm o problema (desportivo, porque financeiramente seria uma dádiva) precavido e um jogador devidamente referenciado: Otávio, do Famalicão. O brasileiro, que chegou a Portugal há pouco menos de um ano, na janela de inverno de 2023, tem-se destacado pelos minhotos e desperta a atenção de vários clubes, entre eles o Sporting

Otávio começou a formação no Internacional de Porto Alegre, de onde se transferiu para o Flamengo, ainda com idade de juvenil. Em 2022 passou pelo Sampaio Corrêa, por empréstimo, mas voltou ao Mengão, para os sub-20. Foi em janeiro de 2023 que rumou ao Famalicão, também por empréstimo do clube do Rio de Janeiro, tendo o emblema minhoto adquirido o seu passe no verão passado, por 500 mil euros. Esta época participou já em 14 jogos e marcou dois golos. O defesa encaixa que nem uma luva no perfil que os leões têm pensado para o reforço do setor no caso de saída de Inácio. Um central esquerdino, com escola e boa saída na transição, com bola e também na profundidade. Resta saber se os tubarões vão afiar os dentes já nesta janela de inverno do mercado de transferências e obrigam os leões a acionar o plano.

Otávio referenciado no Sporting

11 dezembro 2023, 08:30

Otávio referenciado no Sporting

Leões seguem de perto o central do Famalicão; ausência de Diomande em janeiro, assédio ao marfinense e a Gonçalo Inácio e lesão de St. Juste aceleram ida ao mercado por um defesa

A questão do meio-campo

Quando Morita for chamado pelo Japão para jogar a Taça Asiática, que se realiza de 12 de janeiro a 10 de fevereiro no Catar, o meio-campo do Sporting fica entregue apenas a Hjulmand, Daniel Bragança e Essugo (que até pode ser emprestado). O que abre a porta à entrada de médio no mercado de inverno - na defesa também Diomande vai ausentar-se, a caminho do Campeonato Africano das Nações pela Costa do Marfim, o que também tem influência na decisão da contratação dum central, como explicámos anteriormente.

Morita vai para a Taça Asiática. MIGUEL A. LOPES/LUSA

De qualquer forma, a contratação de um elemento para o meio-campo estava programada mesmo antes de se saber da possibilidade do japonês ir para as Taça Asiática. Com esta participação de Morita na prova continental, no entanto, os verdes e brancos veem-se obrigados a ir ao mercado. E será mesmo uma entrada direta para a posição oito, normalmente ocupada por Morita. Na ausência do camisola 5, Daniel Bragança tem sido a alternativa, com o dinamarquês Hjulmand a fazer de seis. E também Pedro Gonçalves já tem recuado para fazer a posição e por isso não se estranha que o jogador a contratar tenha características próxima daquelas que Pote oferece na posição: um jogador de posição 8, forte na condução, eficaz na decisão, de boa chegada à área adversária, com alargado raio de ação nas zonas mais adiantadas.

O extremo

Novidade na equação é o extremo. Uma posição para a qual o Sporting tem alternativas, com Edwards e Pedro Gonçalves à cabeça, mas ainda com Trincão - Nuno Santos pode fazer o lugar à esquerda e Geny Catamo à direita mas o moçambicano tem sido utilizado como ala e também ele vai ser baixa na equipa em janeiro, para participar no Campeonato Africano das Nações, que decorre na Costa do Marfim de 13 de janeiro a 11 de fevereiro.

Trincão, por exemplo, tem estado furos abaixo do expectável e os leões podem então investir num novo extremo, pois pretendem dar todas as armas que forem possíveis para o treinador Rúben Amorim poder chegar ao titulo e/ou à Liga dos Campeões em nova versão, ainda mais milionária mas também mais restrita, pois só duas equipas portuguesas a ela terão acesso a partir da próxima temporada - e só o campeão com entrada direta.