Pinto da Costa deseja felicidades a Villas-Boas: «No FC Porto mesmo o impossível resolve-se»
Jorge Nuno Pinto da Costa, ainda líder da SAD do FC Porto e presidente do clube durante 42 anos (IMAGO / Maciej Rogowski)

Pinto da Costa deseja felicidades a Villas-Boas: «No FC Porto mesmo o impossível resolve-se»

NACIONAL27.05.202407:21

Dirigente garante que vai continuar a acompanhar o FC Porto, agora como adepto

Pinto da Costa, ainda líder da SAD do FC Porto e presidente do clube durante 42 anos, desejou felicidades à nova direção, liderada por André Villas-Boas, depois da conquista da Taça de Portugal.

«Amanhã é o meu último dia de trabalho e ainda tenho muita coisa para fazer. Está tudo a ser entregue com tranquilidade, com a melhor harmonia, todos os problemas que há já são do conhecimento da atual direção do clube e da futura administração da SAD. Tudo será tranquilo e da minha parte terão todo o meu apoio, mas nada de me pronunciar sobre nada para que trabalhem em sossego. Desejo muitas felicidades à nova direção, que naturalmente tem um caminho difícil, como já todos nós sabíamos e eu também sabia quando me candidatei. No FC Porto, o que é difícil resolve-se, o que é impossível demora um bocadinho mais, mas também se resolve», referiu, em declarações aos jornalistas, em Fátima, onde o conjunto azul e branco fez a habitual paragem.

Os dragões derrotaram o Sporting e terminaram a época a festejar a conquista da Taça de Portugal.

FC Porto conquistou Taça de Portugal, Foto: IMAGO

«Foi uma vitória importante para o FC Porto, para todos os que durante a época trabalharam, para o treinador, equipa técnica, jogadores, para todos os que acompanharam sempre a equipa, naturalmente que estou feliz», atirou, garantindo sair com o «sentimento de dever cumprido».

«Saio com tranquilidade, não tem nada de especial, nem de emoção, com o sentimento de dever cumprido, com muita alegria por ter proporcionado a muita gente noites felizes como esta a todos os portistas e estou tranquilo. A vida continua e o FC Porto continuará a ganhar», disse.

Sobre a continuidade ou não de Sérgio Conceição: «Naturalmente que gostava, mas não me diz respeito.»

Pinto da Costa espera, «como adepto», ver o FC Porto em mais finais no futuro.

«É um dia doce, um dia feliz, porque ganhámos. Já tenho muitas presenças em finais, algumas ainda nem sequer era dirigente, a primeira final que vi foi o FC Porto frente ao Vitória Setúbal, que ganhámos 2-1, e como adepto espero vir a muitas mais», referiu, deixando uma garantia: «A partir de terça-feira não falarei mais para qualquer órgão de comunicação, só em casos excecionais, vou ser apenas adepto.»

Confrontado sobre se deixa o FC Porto melhor: «Pelo menos com muito mais vitórias.»