Benfica: só há um jogador superior a Pavlidis na Liga
Pavlidis é reforço do Benfica para 2024/25 (SL Benfica)

Benfica: só há um jogador superior a Pavlidis na Liga

NACIONAL09.07.202407:45

Conclusões da empresa de Inteligência Artificial de Esteban Granero, antigo médio do Real Madrid, apontam para «contratação magnífica» por parte do clube da Luz; Gyokeres é o ponta de lança mais valioso

MADRID — E se o Benfica conseguisse prever o rendimento de Vangelis Pavlidis, o ponta de lança internacional grego contratado ao AZ Alkmaar, por €18 milhões, com a missão de acabar com os problemas no ataque da equipa de Roger Schmidt?

A Inteligência Artificial pode ser a solução, dado que vai entrando progressivamente nos mais variados setores da sociedade, tornando-se tranversal, e sendo já uma ferramenta tecnológica abrangente e com capacidade para funcionar no futebol e ao serviço do futebol.

E, claro, nada acontece por acaso. A empresa de Inteligência Artificial que decidiu analisar Vangelis Pavlidis foi fundada por um antigo jogador de futebol, que teve oportunidade de jogar ao mais alto nível.

Granero, nos tempos de Real Madrid (IMAGO / ZUMA Press Wire)

A Olocip é, pois, dirigida por Esteban Granero, que foi jogador de Real Madrid, QPR, Real Sociedad e Espanhol, e defende que «a capacidade do ser humano e da IA em conjunto é muito mais forte do que qualquer das duas separadamente». Tem o hábito de dedicar-se a análises no futebol e já não é a primeira vez que trabalha com conteúdo da liga portuguesa.

Entre os vários estudos realizados pela empresa há, pois, uma análise de rendimento que interessa ao Benfica. Diz respeito a Pavlidis, em relação ao passado e uma previsão de futuro.

Como método de avaliação, a empresa utilizou a sua base de dados para comparar Pavlidis com os avançados de equipas que participam em mais de 100 competições em todo o mundo, no pressuposto de que eles jogassem no Benfica de Roger Schmidt. Pavlidis seria, em 95 por cento dos casos, melhor do que qualquer um deles.

O mesmo exercício foi feito integrando os avançados que atuam na Liga Portuguesa e no pressuposto de que também fizessem parte da equipa de Roger Schmidt. Neste caso, foi concluído que só um jogador teria um rendimento ligeiramente superior a Pavlidis: Viktor Gyokeres, ponta de lança do Sporting.

Gyokeres registou uma pontuação de 100, Pavlidis foi avaliado em 95 pontos, batendo claramente os seus verdadeiros colegas de equipa, Tegstedt (80), Marcos Leonardo (75) e Arthur Cabral (58).

As previsões da Inteligência Artificial apontam para que Pavlidis venha a ter uma média goleadora de 0,56 golos por jogo e de 0,13 assistências por jogo. Defendem, pois, que sem lesões ou outros incidentes, o internacional grego de 25 anos poderá tonar-se um dos melhores jogadores da liga portuguesa logo na temporada de estreia.

A conclusão da IA é de que o Benfica acaba de fazer uma magnífica contratação, para isso sustentando-se, naturalmente, em informações respeitante a características e desempenho do ponta de lança ao longo dos anos.

Outra conclusão do estudo a que A BOLA teve acesso é de que o avançado grego foi, na temporada passada, o quarto melhor da Europa na sua posição e o que mais rendeu na Eredivisie (Liga dos Países Baixos), contribuindo com as suas ações para que a sua equipa marcasse 18 golos a mais do que o previsível.