Argentina A festa dos campeões do mundo com repetição de gesto polémico (vídeos e fotos)

INTERNACIONAL24.03.202309:31

O encontro entre a Argentina e o Panamá ficou marcado por um enorme clima de festa, naquele que foi o regresso dos campeões do mundo a ‘casa’.

No Monumental, em Buenos Aires, Messi e companhia tiveram direito a fogo de artifício antes da partida. A festa dos argentinos nas bancadas levou Messi e Scaloni às lágrimas.

Já depois do encontro, os jogadores da ‘albiceleste’ voltaram a celebrar com os adeptos, tendo havido espaço para declarações emocionadas do avançado do Paris Saint-Germain e do selecionador.

«Primeiro que tudo, agradecer a todos pelo carinho que temos vindo a receber. Dissemos que íamos fazer de tudo para ganhar o Mundial. Não me quero esquecer de todos os meus companheiros que por aqui passaram e deram tudo para o conseguirmos. Merecem respeito e reconhecimento do povo argentino. Ficou demonstrado que é muito difícil conseguir isto, depende de muitas coisas. Às vezes escapa por pequenos detalhes. Disfrutemos da terceira estrela!», foram algumas das palavras de Messi.

Scaloni também se mostrou orgulhoso: «É incrível poder dar-vos a possibilidade de festejar em casa. É algo único. Não sei quando se voltará a repetir algo assim. Temos de disfrutar, ver as pessoas felizes, unidas. Não tenho mais palavras de agradecimento.»

Messi e Scaloni voltaram a levantar o troféu de campeão do mundo, tendo a festa ficado marcada pela repetição de um gesto de Emiliano Martínez que causou polémica nas celebrações no Catar. O guarda-redes agarrou a taça e colocou-a junto aos genitais. Na madrugada de sexta-feira, Emiliano Martínez e alguns colegas de equipa repetiram o momento.