«É uma loucura Sporting, FC Porto e Benfica não estarem alinhados em pelo menos 80 por cento»

Sporting 18-05-2020 23:20
Por Redação

No passado dia 28 de abril, a crise provocada pela pandemia de Covid-19 juntou Frederico Varandas, Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira juntos, em reunião com o primeiro-ministro. O presidente dos leões diz que é impossível esquecer as rivalidades, mas aponta no caminho de um alinhamento entre os três em prol do futebol português.

«Não podemos esquecer as rivalidades, mas do ponto de vista de indústria é uma loucura os três não estarem alinhados em pelo menos em 80 por cento da visão sobre o futebol português», atirou, em entrevista ao Canal 11.

 

Depois de deixar elogios ao presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Frederico Varandas foi logo questionado sobre se seria agora o melhor momento para alinhar com os rivais «Houve, sobretudo, uma necessidade, pois os clubes ficaram de um dia para o outro com as suas receitas cativadas. Tiveram necessidade de luta pela indústria do futebol e isso tem de ser de forma contínua durante o ano. O futebol português tem de ser muito mais bem tratado.»

Sem se travar, o líder leonino logo pediu uma reforma urgente no futebol português: « «Acho que a Liga tem de reduzir urgentemente para 16 equipas. Há que aumentar a competitividade, tem de haver menos equipas mas com melhores condições. Se os três não estiverem alinhados, não haverá uma reforma séria no futebol português. Não pode haver violência, temos de valer mais, não tenho dúvida que o futuro passa pela centralização dos direitos televisivos. Neste momento há contratos assinados, mas há que valorizar o futebol português. O primeiro passo passa por reduzir o número de equipas. Com isso, protegemos as equipas que participam nas competições europeias. Não podemos ter 34 jornadas e ainda a Taça da Liga. Só assim podemos valorizar a Liga portuguesa.»

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (44)

Últimas Notícias