Sintrense faz contas a novo encaixe por Nélson Semedo; Benfica também lucra

FUTEBOL 23-09-20 2:13
Por Redação

O Sintrense, clube ao serviço do qual Nélson Semedo deu os primeiros passos no futebol, já fez as contas ao encaixe financeiro decorrente da transferência do lateral-direito do Barcelona para o Wolverhampton.

«O Sintrense será ressarcido pelo valor semelhante ao que foi do Barcelona [aquando da contratação ao Benfica em 2017], que não é 500 mil, é um bocadinho menos, porque contam os dias inscritos na Federação e não as épocas concluídas. Entre 400 a 500 mil euros», explica José Sequeira, presidente do emblema de Sintra, em declarações à Rádio Renascença.

Já o Benfica, também na qualidade de clube formador, terá direito a cerca de 750 mil euros pela transferência do jogador de 26 anos para Inglaterra, consumada por €30 milhões - estão ainda previstos €10 M em variáveis.