Sérgio Conceição acusado de agressão num torneio de infantis em Espanha
Sérgio Conceição (IMAGO)
Foto: IMAGO

Sérgio Conceição acusado de agressão num torneio de infantis em Espanha

NACIONAL25.03.202412:11

Treinador do FC Porto alvo de graves acusações; terá provocado desacatos em Huelva, num torneio que se realizou este domingo

Na Taça Gañafote, de Huelva, um torneio internacional entre várias equipas de infantis, a final foi disputada entre o FC Porto e o Sevilha, no último domingo. E terá sido aí que Sérgio Conceição e o filho Moisés, que se encontravam no local para assistir ao jogo, onde participou outro filho do treinador, José, terão entrado em campo várias vezes e agredido o árbitro do encontro, quando este já se dirigia ao túnel.

A denúncia é feita pelo Presidente da Câmara de Cartaya, local onde se realizou o torneio, Manuel Barroso, na estação Antena Huelva Radio.

«O apito final foi dado e uma funcionária telefonou-me. Disse-me que algumas pessoas tinham acabado de entrar no relvado para atacar o árbitro. Eu corri para o apoiar, o homem estava prestes a entrar no túnel. Antes de entrar, um deles deu-lhe uma bofetada na cara. Coloquei-me no meio, servindo de escudo, a dizer quem eram eles para saltarem para o relvado, que não se podia saltar para o relvado daquela maneira.»

«Com uma atitude grotesca e arrogante, disseram-me: "não sabe com quem está a falar". Eu identifiquei-me como presidente da Câmara de Cartaya e disse: "Desculpe, não tem de saltar para aqui, não é você que tem de saltar ou atacar ninguém". Depois começaram a insultar-me, a desrespeitar-me. Empurram-me, arranham-me o pescoço e eu tento aguentá-los empurrando-os até chegarem as autoridades, a Guardia Civil.»

«Mais tarde soube que ele era o treinador da equipa principal do FC Porto. Contei-lhe quando soube. Disse-lhe: 'Não tens vergonha de, sendo dirigente deste clube, me desrespeitares e até me agredires', mas depois ele continuou a desrespeitar-me e até me ameaçou de morte.»

Barroso disse depois que fez uma denúncia à polícia por causa deste incidente: «Apresentei uma queixa a nível pessoal, como Presidente da Câmara. Também o vamos denunciar através da lei do desporto. Penso que uma pessoa como esta deve ser punida. Fazemos este torneio para que as crianças se divirtam e continuem a praticar desporto. Esta foi uma imagem lamentável.» O FC Porto ainda não terá recebido a denúncia do incidente.

Entretanto, segundo o jornal Huelva Hoy, a Guarda Civil de Espanha terá identificado dois homens de nacionalidade portuguesa que estiveram envolvidos neste caso.

A BOLA contactou a Câmara Municipal de Cartaya, que não providenciou qualquer reação às acusações nem ao facto de que Sérgio Conceição irá apresentar uma queixa-crime contra o presidente Manuel Barroso.

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer