Gil Vicente-V. Guimarães: Só galo de crista levantada pode arruinar encontro com a história
Estádio Cidade de Barcelos é o palco do jogo desta noite entre Gil Vicente e Vitória de Guimarães (foto Gil Vicente FC)

ANTEVISÃO Gil Vicente-V. Guimarães: Só galo de crista levantada pode arruinar encontro com a história

NACIONAL28.01.202408:00

Equipa de Barcelos saiu da fossa com o triunfo em Portimão mas tem de dar continuidade e arrepiar caminho para alargar distância para a linha de água; Álvaro Pacheco pode fixar melhor pontuação de sempre dos vimaranenses à 19.ª jornada desde que as vitórias valem três pontos

O Gil Vicente recebe o Vitória de Guimarães este domingo, em jogo da 19.ª jornada da Liga, com pontapé de saída às 20.30 horas. 

Ao contrário do duelo da primeira volta, em que os vimaranenses venceram por 2-1, com golos de Tiago Silva e Nélson da Luz (o primeiro está castigado para o jogo deste domingo, o segundo foi cedido neste mercado de inverno) e com Roko Baturina (também cedido nesta janela de transferências) a fazer o golo dos galos no Castelo, desta feita há fosso enorme entre as duas equipas depois de dobrada a primeira metade do Campeonato.

Depois de Moreno Teixeira e Paulo Turra, os vimaranenses reencontraram-se com Álvaro Pacheco no comando técnico da equipa, que à entrada para esta segunda volta está a morder os calcanhares ao rival SC Braga e ao FC Porto na luta pelos lugares de acesso à Europa e apresenta-se neste duelo em Barcelos no quinto lugar, com os mesmos 36 pontos dos guerreiros do Minho, quase o dobro dos 19 pontos totalizados pela formação de Barcelos, que continua demasiado próxima dos lugares de despromoção e quer ganhar tração para tentar galgar posições na segunda metade da tabela classificativa.

Equipa de arbitragem

ÁRBITRO: Fábio Melo (AF Porto)

ÁRBITROS ASSISTENTES: André Dias e Sérgio Jesus 

4.º ÁRBITRO: An:zhony Rodrigues 

VAR/AVAR: Rui Oliveira e Carlos Campos

Histórico de confrontos

GIl Vicente e Vitória de Guimarães vão enfrentar-se pela 57.ª vez no conjunto de todas as provas e os vimaranenses levam vantagem nesse histórico. Venceram 24 partidas (43 por cento), contra 17 dos gilistas (30 por cento), e empataram em 15 ocasiões.

Só considerando jogos de Campeonato, será o 46.º confronto entre as duas equipas, aqui com números um pouco mais equilibrados, com 18 vitórias para os conquistadores, contra 15 dos gilistas (e ainda 12 empates). 

O último triunfo do Vitória em Barcelos foi em novembro de 2020, por 2-1, em jogo da sexta jornada da temporada 2020/2021.

Gil Vicente

A equipa de Vítor Campelos tem assinado campeonato irregular e só neste início de 2024 conseguiu pela primeira vez esta temporada pontuar em duas jornadas consecutivas, mercê do empate (1-1) caseiro com o Estrela da Amadora e do triunfo (2-0) da jornada passada em Portimão, o primeiro na condição de visitante nesta Liga 2023/2024, em que apenas somou cinco vitórias. 

Vai este domingo lutar pela sexta e procurar impedir os vimaranenses de fazerem história perante a possibilidade de, pontuando, fixarem a melhor pontuação de sempre à 19.ª jornada desde que as vitórias passaram a valer três pontos na temporada 1995/1996.

A figura: Maxime Dominguez

O médio hispano-suíço de 27 anos tem marcado posição na equipa e assumindo papel importante na construção de golos. Além de ser o melhor marcador dos gilistas, com cinco golos nesta Liga 2023/2024, contribuiu ainda com 4 assistências, a última das quais a ajudar ao triunfo da última jornada em Portimão. Quando não há cão também se caça com gato, e se os avançados marcam menos há sempre médios para ajudar a quebrar o galho...

Equipa provável: Andrew; Zé Carlos, Rúben Fernandes, Felipe Silva e Buta; Roan Wilson; Kanya Fujimoto, Martim Neto; Maxime, Félix Correia e Murilo

Sistema de jogo: 4x1x2x3

Lesionados: Pedro Tiba, Depú, Thomas Luciano e Kiko Vilas Boas 

Castigado: Mory Gbane.

A antevisão de Vítor Campelos

«É um facto de que vamos defrontar um adversário valoroso e prevejo que seja um excelente jogo amanhã. Vai estar o estádio bem composto e prevê-se e um jogo de grandes emoções, entre duas equipas que vêm de bons resultados. O Vitória está a fazer um bom campeonato, começamos bem a segunda parte da época, mas a vitória em Portimão só vai ter real valor se vencermos este jogo».

V. Guimarães

Na rota da Europa, a morder os calcanhares ao terceiro e quarto classificados, respetivamente FC Porto e SC Braga, este é um Vitória supervitaminado desde a chegada de Álvaro Pacheco ao comando técnico e os números ilustram-no bem. Aliás, este dado é sintomático: no jogo deste domingo em Barcelos, os vimaranenses podem fixar a melhor pontuação de sempre à 19.ª jornada desde que as vitórias passaram, a partir de 1995/1996, a valer três pontos. 

Os atuais 36 pontos já igualam os que o Vitória alcançou à 19.ª jornada na temporada 2014/2015, pelo que em caso de vitória ou empate será estabelecido um novo máximo pontual, ou de 37 ou de 39 pontos. Dado que só por si diz tudo sobre a fibra de equipa que está a fazer os seus adeptos sonharem como há muito não se via e a conseguir ombrear com um SC Braga muito distante em termos de capacidade de investimento no plantel e não só.

Já não conhece o sabor da derrota desde a deslocação ao Dragão na jornada 11 e vai este domingo procurar a sexta vitória nas últimas oito rondas da Liga, a terceira consecutiva, depois dos triunfos sobre Arouca (2-0) e, na jornada anterior, sobre o Estrela da Amadora (3-0). 

Anunciada a contratação do avançado Nélson Oliveira a meio da semana, Álvaro Pacheco convocou de imediato o jogador formado no Benfica e pode estreá-lo frente ao Gil Vicente.

A Figura: Jota Silva

O avançado luso está a protagonizar época de encher o olho e já soma seis golos e quatro assistências em 18 jornadas da Liga, cotando-se como um dos principais ativos dos vimaranenses nesta altura e estando já a atrair atenções para lá das nossas fronteiras. No somatório de todas as competições são nove golos e seis assistências em 24 partidas. Tem sido a lâmina mais afiada dos conquistadores.

Onze provável: Bruno Varela; Borevkovic, Jorge Fernandes e Tomás Ribeiro; Bruno Gaspar, Tomás Handel, João Mendes, Nuno Santos e Ricardo Mangas; André Silva e Jota Silva

Sistema de jogo: 3x5x2

Lesionados: Mikel Villanueva e Telmo Arcanjo

Castigado: Tiago Silva

A antevisão de Álvaro Pacheco

«Mais um jogo difícil, na primeira liga não há jogos fáceis. Uma equipa forte a jogar em casa, não perde há muito no seu estádio, bem trabalhada, com jogadores interessantes, que gosta de controlar o jogo com bola e de procurar o espaço. Mais um desafio no qual o Vitória tem de ir à procura dos pontos. Queremos chegar aos 39 pontos e para isso temos de ser Vitória. Impor o nosso jogo e quando não formos capazes, perceber o que temos de fazer nesses momentos e manter a serenidade. O Gil é uma equipa muito forte e muito bem orientada»