«No FC Porto não existe pena de morte»

FC Porto 13-11-2019 00:25
Por Redação

Francisco J. Marques referiu que os casos de indisciplina de Uribe, Luis Díaz, Saravia e Marchesín serão tratadas internamente.

 

«É um tema interno que será resolvido internamente, como tem que ser, não na praça pública. Os jogadores têm a consciência que uma coisa destas tem que ter consequências, mas também que no FC Porto não existe pena de morte. Haverá decisões internas e ficarão dentro da família do FC Porto», disse ao Porto Canal o diretor de comunicação dos dragões.

 

Sobre as imagens, publicadas nas redes sociais, da festa da mulher de Uribe que se terá prolongado pela madrugada dentro e na qual participaram também Luis Díaz, Saravia e Marchesín, Francisco J. Marques desvalorizou: «O mundo está diferente com as redes sociais e a profusão quase instantânea, mas há coisas que não mudam, que é a forma como o FC Porto trata destes assuntos.»

Ler Mais
Comentários (30)

Últimas Notícias