Portugal na mira das grandes equipas

Ciclismo 07-11-2019 08:48
Por Redação

A Volta a Portugal, prova que é criticada por ter dos pelotões mais fracos nas competições europeias a nível de corredores e equipas, surge no próximo ano nos planos de algumas das formações World Teams e Pro Teams (ex-Continentais Profissionais).  


O súbito interesse está relacionado com a falta de competições que se verifica no hiato temporal que decorre entre o final da Volta à França, a 19 de julho, e o início da Volta à Espanha, a 14 de agosto. O período de 25 dias é considerado demasiado longo.


As possibilidades de dar competição aos corredores passam pela Volta a Burgos (28 de julho a 1 de agosto), Volta a Portugal (29 de julho a 9 de agosto), Tour de Utah (3 a 8 de agosto) a que se podem juntar Volta à Noruega e Volta à Rep. Checa (6 a 9 de agosto).


A Volta a Portugal dispõe, desta forma, da possibilidade única de apresentar um dos melhores pelotões dos últimos 20 anos. Na competição portuguesa podem participar até 50 por cento de equipas do World Teams, às quais se podem juntar Pro Teams, Continentais, Continentais e Seleções Nacionais sem limites.


«O nosso objetivo é valorizar a Volta a Portugal com equipas e corredores que possam dar projeção à corrida. Devido ao interregno que se vai verificar, a hipótese das Team World e Pro Teams é viável, vamos aguardar pelo alinhamento dos calendários de cada equipa para ver as que formalizarão o interesse em vir a Portugal», afirmou a A BOLA José Carmona da Podium Events, entidade organizadora da competição. Algo que deverá acontecer apenas depois de ser conhecido o percurso.


ALGARVE COM CONCORRÊNCIA
A Volta ao Algarve, que no próximo ano vai finalizar com um contrarrelógio em Lagoa e que na véspera chega ao Alto do Malhão, continuará a ter as principais equipas mundiais, podendo no entanto ver-se privada de algumas das grandes figuras como já aconteceu este ano. A realização do Tour da Colômbia, de 11 a 16 de fevereiro, não permite que as equipas possam contar com esses corredores. O mesmo acontece com o Tour de Omã nas mesmas datas, com a agravante de 23 a 29 se disputar o Tour do Emirados Árabes Unidos pertencente ao World Tour. A ASO e RCS Sport apresentaram às equipas uma proposta aliciante que passa por participarem no primeiro Tour da Arábia Saudita (4 a 8), seguindo-se Omã e Emirados Árabes Unidos, com deslocações e alojamento pagos desde 1 de fevereiro a 1 de março. 
 

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias