Dono do PSG acusado de corrupção ativa por tentar 'comprar' Mundiais para o Qatar

Atletismo 23-05-2019 11:22
Por Redação

Nasser Al-Khelaifi, conhecido e mulitmilionário dono do Paris Saint-Germain, está a ser acusado de corrupção ativa por tentado 'comprar' os Mundiais de Atletismo de 2017 para que se realizassem em Doha, no Qatar.

 

Segundo a imprensa francesa, o magistrado Renaud Van Ruymbeke acusa Al-Khelaifi de ter pago 3,1 milhões de euros a Lamine Diack, antigo presidente da IAAF (Federação Internacional de Atletismo), para que os Mundiais de 2017 tivessem lugar em Doha. A competição acabou por se realizar em Londres e Francis Szpiner, advogado do dono do clube parisiense, nega os factos.

 

«Acusações totalmente infundadas. O nome de Nasser Al-Khelaifi não aparece em quaisquer documentos, estas incriminações não são baseadas em evidências tangíveis.»

 

Ler Mais
Comentários (10)

Últimas Notícias