«Na 1.ª parte faltou perceber que os Países Baixos nos podiam ganhar»
Paulo Jorge Pereira lamentou o cansaço dos atletas (IMAGO)

«Na 1.ª parte faltou perceber que os Países Baixos nos podiam ganhar»

ANDEBOL23.01.202417:17

Paulo Jorge Pereira continua a acreditar no apuramento para o pré-olímpico

Paulo Jorge Pereira lamentou o empate de Portugal frente aos Países Baixos e admitiu que a pressão de jogar por uma vaga no pré-olímpico pesou nas costas dos jogadores lusos, bem como o cansaço. 

«Isto é o que pode acontecer quando duas equipas competem, uma sem nada em disputa e outra com tudo em jogo. Juntando a isso o facto de estarmos já no sétimo jogo… os atletas têm feito um esforço excecional, com jogos dia sim, dia não e temos alguns jogadores sobrecarregados», começou por dizer o selecionador nacional.

«Quem não tem nada a perder, normalmente joga sempre melhor. Na primeira parte faltou-nos alguma energia e perceber que os Países Baixos nos podiam ganhar se não jogássemos bem. No segundo tempo percebemos claramente isso e mais uma vez conseguimos recuperar um jogo. Aí já chegámos perto do que podemos fazer e fizemos um jogo espetacular. Na parte final, foi nos detalhes que as coisas aconteceram», acrescentou.

O técnico, porém, continua a acreditar no apuramento para a disputa do 5.º lugar, que está dependente de uma vitória ou empate da Dinamarca frente à Eslovénia. 

«Agora temos de esperar um bocadinho, mas eu não estou a ver a Eslovénia com capacidade para ganhar à Dinamarca. Mas tudo pode acontecer. É o nosso fado: ter de esperar e depender dos outros», finalizou.