Vasco Seabra aguarda Farense à altura do Estoril: «São muito fortes nos vários momentos»
O plantel do Estoril celebra a obtenção de um golo em jogo pela Liga de futebol. Foto: Maciej Rogowski/Imago.

Vasco Seabra aguarda Farense à altura do Estoril: «São muito fortes nos vários momentos»

NACIONAL29.12.202317:28

Treinador do Estoril enalteceu a capacidade do Farense, adversário que visitará a casa dos 'canarinhos' este sábado, antevendo um desafio complicado e bem repartido entre as duas equipas

Para o seu último encontro oficial em 2023, o Estoril aguarda um Farense capaz de dividir o protagonismo e o seu treinador, Vasco Seabra, adotou uma postura realista na conferência de antevisão ao desafio com a garantia de que o emblema da Linha de Cascais não estará «100% do tempo com a bola ou a procurar fazer golos», visto reconhecer valor ao adversário e a capacidade deste em criar situações de apuro à sua equipa.

Ao Farense, o técnico do Estoril deixa sinceros elogios. «São muito fortes nos vários momentos, seja na bola parada ou nos momentos corridos do jogo, e por isso sabemos que vamos ter um adversário com o qual em alguns momentos acreditamos que vamos estar por cima no jogo, noutros provavelmente será o adversário a estar por cima», antevendo um encontro bem dividido, sem favorito à partida e de desfecho imprevisível.

«A nossa equipa tem vindo a crescer a esse nível, de perceber que, infelizmente, não conseguimos estar 100% do tempo com a bola, 100% do tempo a procurar fazer golos ao adversário porque isso não existe ou não acontece. Por isso, nos momentos em que o adversário tem a bola, temos de saber pressionar e fazer os nossos intentos para que o adversário não chegue à nossa baliza», propôs, de forma prática.

Vasco Seabra não abdica, ainda assim, de alcançar o quinto triunfo consecutivo a jogar como visitado – juntando Liga, Taça da Liga e Taça de Portugal. «É uma responsabilidade que gostamos de ter, no sentido em que podemos fazer mais e melhor. Ou seja, o que sentimos é que todas as coisas que vamos fazendo depois deixam de ser suficientes no dia imediatamente a seguir", salientou, com vontade de continuar a fazer mais.

«O essencial é fazermos um repto aos nossos adeptos porque é, de facto, o último jogo do ano, é um jogo em que termos o apoio deles vai também ser decisivo no que é a nossa força e esta poder aumentar, porque se sente que estamos próximos deles", expressou ainda, convicto de que os adeptos estorilistas irão responder em massa à sua chamada para, tal como tem acontecido, contribuírem com o seu apoio a partir da bancada.

Vasco Seabra reagiu ainda à iminente reabertura do mercado, que poderá colocar vários atletas dos canarinhos nos focos de eventuais propostas. «Esse é um reconhecimento que eles podem ter e essa é a certeza: aquilo que pode vir a acontecer é uma dúvida, nós não o controlamos e eles sabem que nem eu, nem eles estamos muito preocupados com isso. Fico muito feliz por eles serem associados a muitos clubes», transmitiu, satisfeito com o plantel.

Para a receção aos algarvios, o técnico do emblema da Linha de Cascais regista apenas dois indisponíveis: Erick Cabaco e Alex Soares ainda recuperam de lesão e continuarão entregues ao departamento médico.