Estoril: Marqués candidato a regressar ao onze
Alejandro Marqués, do Estoril, disputa a bola com Chiquinho, do Benfica, em jogo pela Liga de futebol. Foto: Maciej Rogowski/Imago.

Estoril: Marqués candidato a regressar ao onze

NACIONAL26.12.202322:36

Bom rendimento do venezuelano nas últimas semanas, lançado no decorrer dos encontros, pode valer-lhe o regresso à titularidade já no sábado, na receção dos canarinhos ao Farense

Após um período de pausa de três dias e meio, o Estoril voltou ao trabalho na tarde desta terça-feira para iniciar a sua semana de preparação para a receção ao Farense, que terá lugar no próximo sábado, com o plantel inteiramente à disposição de Vasco Seabra, à exceção dos lesionados Erick Cabaco e Alex Soares.

Os canarinhos voltaram ao trabalho de campo após cumprirem a época natalícia, na qual os futebolistas tiveram a possibilidade de se deslocar livremente e grande parte pôde conviver fisicamente com as respetivas famílias, à exceção dos elementos cujas viagens implicariam deslocações que pudessem colocar em risco o atempado regresso ao trabalho, como foi o caso de Alejandro Marqués, que para visitar a Venezuela natal teria de enfrentar uma longa viagem transatlântica.

Entre a deslocação e o regresso, o avançado de 23 anos falharia o regresso aos treinos, pelo que foi com maior proximidade ao Estádio António Coimbra da Mota que passou a Consoada e se manteve a postos para trabalhar. Os frutos desse esforço poderão encontrar-se no sábado, na deslocação ao Farense, na qual o internacional A pela Venezuela detém boas possibilidades de figurar como primeira escolha atendendo ao bom trabalho que tem efetuado nas últimas semanas.

Recorde-se que Marqués, que tem integrado as partidas enquanto suplente utilizado, com a titularidade a caber a Cassiano, tem cumprido a cada entrada, tendo há duas jornadas apontado o terceiro dos quatro golos apontados ao Chaves (4-0) e celebrado de forma emocional, já que dedicou o tento ao seu avô, falecido horas antes, o que motivou um momento de total união quando o ponta de lança encontrou o caminho do golo. E o camisola 9 não se ficou por aqui.

Uma semana mais tarde, Alejandro Marqués voltou a saltar do banco de suplentes, desta feita aos 60 minutos, para voltar a encontrar o caminho da baliza alguns minutos depois, porém com o seu tento invalidado por…8 centímetros. Ficou, por isso, impossibilitado (adiado?) novo golo do avançado, que em menos de meia temporada já ultrapassou os números totais da época transata, na qual também esteve na Amoreira, mas por empréstimo da Juventus, com a qual chegaria a acordo para a rescisão em julho.

Marqués voltou ao Estoril, em definitivo, e já leva seis golos em 16 partidas realizadas, precisando de menos encontros – em 22/23 realizou 19 partidas – para atingir um rendimento superior. Com uma boa notícia: a Liga encontra-se apenas na sua 15.ª jornada, pelo que o avançado dispõe de mais 19 encontros, sem contar com a Taça da Liga, competição na qual o emblema da Linha de Cascais se encontra qualificado para a final four e defrontará o Benfica na meia-final, para aumentar ainda mais o seu pecúlio. O Farense que se cuide…