Destaques do Famalicão: Jhonder de bico e muita dedicação
Jhonder Cádiz, do Famalicão, concentrado em jogo pela Liga de futebol. Foto: Futebol Clube de Famalicão.

Destaques do Famalicão: Jhonder de bico e muita dedicação

NACIONAL17.12.202321:22

Avançado venezuelano apostou no recurso certo no momento de finalizar para o empate e trouxe a mobilidade que várias vezes desestabilizou a defesa contrária, obrigando mesmo a uma substituição tática para o travar

Melhor em campo: Jhonder Cádiz (7)

O golo que marcou assenta-lhe bem. Perante a rapidez com que o ressalto proveniente da disputa entre Gustavo Sá e Vital, o recurso ao bico da bota foi o mais inteligente e cumpriu o seu objetivo de agitar as redes. A partir daí, foi um verdadeiro gregário e a sua mobilidade, associada a capacidade física, obrigou os centrais a desposicionarem-se e até o adversário a realizar uma substituição, na qual Vasco Seabra procurou ajustar o setor defensivo estorilista a reagir melhor ao desafio que Jhonder estava a colocar. Ficou muito perto de um golo decisivo, a instantes finais, numa exibição muito bem conseguida do venezuelano.

O Famalicão não alcançou o regresso às vitórias, mas protagonizou uma exibição positiva em termos globais, contribuindo para um espetáculo de futebol bastante convidativo com Jhonder Cádiz em plano de destaque e bem apoiado por um meio-campo que foi um verdadeiro núcleo que manteve sempre a equipa de pé e bem estruturada.

Gustavo Sá encontrou espaço para originar o golo e adaptou-se quase sempre bem ao que o jogo foi proporcionando, que foi ficando mais encaixado e batalhado conforme o relógio avançava. Um tipo de jogo que beneficia um lutador como Youssouf Zaydou, que protagonizou duelos intensos com o estorilista Mateus Fernandes e formou dupla sólida com Topic, que obrigou, com mérito, o talentoso Rafik Guitane a alguns momentos de apagamento.
No setor defensivo, mérito para Francisco Moura que perante mais-valias adversárias como Guitane e Rodrigo Gomes teve de ser mais comedido nas suas subidas, tendo batalhado arduamente na defesa do seu flanco e, sempre que pôde integrar o ataque, não deixou de tentar furar como tanto aprecia.

As notas dos jogadores do Famalicão: Luiz Júnior (5), Nathan (5), Justin de Haas (6), Enea Mihaj (5) Francisco Moura (6), Topic (6), Youssouf Zaydou (6), Chiquinho (5), Gustavo Sá (6), Théo (5), Jhonder Cádiz (7), Alex Dobre (4), Pablo Felipe (4), Martin Aguirregabiria (4) e Otávio Ataíde (4).