Benfica: só sobra um do último jogo na Luz com o Aves
Médio-ofensivo está em final de contrato com o Benfica e tem vários clubes estrangeiros interessados nos seus serviços. (Foto: IMAGO)

Benfica: só sobra um do último jogo na Luz com o Aves

NACIONAL19.12.202322:50

Aves SAD é o adversário dos encarnados na Taça da Liga; muita coisa mudou desde que os avenses estiveram na Luz, em 2020

Benfica e Aves SAD vão encontrar-se esta quinta-feira no Estádio da Luz, em partida da fase de grupos da Taça da Liga.

Os encarnados só precisam de um empate e até a derrota por 0-1 serve, ao passo que os avenses, claro, precisam de vencer por mais do que um golo.

O Aves SAD segue no segundo lugar da Liga 2, depois da fusão com o Vilafranquense SAD, mas visitou a Luz há menos de três anos jogando na Liga.

A 10 de janeiro de 2020, com Bruno Lage no comando do Benfica e Nuno Manta Santos no banco dos avenses, a vitória sorriu às águias (2-1), com golos de Pizzi e André Almeida. Para o Aves marcou o iraniano Mehrdad Mohammadi.

É curioso verificar que em menos de três anos o Benfica perdeu 17 dos 18 jogadores que estiveram na ficha de jogo, embora Gabriel esteja ainda sob empréstimo, no Botafogo.

Efetivamente, só há Chiquinho. O médio foi titular, jogou 90 minutos e agora pode contar aos outros a última experiência perante o Aves na Luz. Será uma história exclusiva.

Chiquinho na vitória de 2020 sobre o Aves na Luz, Rui Raimundo/ASF

O Benfica alinhou, pois, com Vlachodimos, André Almeida, Rúben Dias, Ferro e Grimaldo; Weigl e Gabriel; Pizzi, Chiquinho e Jota; Seferovic. Do banco saltaram Cervi, Carlos Vinícius e Samaris. Caio Lucas, Gedson Fernandes, Tomás Tavares e Zlobin não participaram.

O estilo de Enzo Zidane, filho da antiga estrela do meio campo de França, Vítor Garcez/ASF

No banco avense, destaque para um jogador que passou por Portugal sem deixar rasto, de seu nome... Enzo Zidane. Exatamente, é o filho.