Arouca em Vila do Conde para invadir o sexto lugar
Rafa Mujica (IMAGO / Avant Sports)
Foto: IMAGO

ANTEVISÃO Arouca em Vila do Conde para invadir o sexto lugar

NACIONAL19.04.202408:00

Rio Ave recebe o Arouca na abertura da 30.ª jornada da Liga

Rio Ave e Arouca têm as honras de abertura da 30.ª jornada do campeonato, com duelo agendado para as 20h15, em Vila do Conde. Os dois clubes chegam ao encontro provenientes de resultados distintos, uma vez que a equipa de Daniel Sousa soma três vitórias consecutivas e o Rio Ave conseguiu apenas uma nos últimos três duelos.

O Arouca está empatado pontualmente (43) com o Moreirense e uma vitória em Vila do Conde significaria um assalto ao sexto lugar, contudo, não passaria de um tomada provisória, uma vez que terá de esperar pelo dia seguinte para saber o que os cónegos fazem na receção ao Gil Vicente.

Do outro lado, Luís Freire não aceita a ideia de que «há que fazer algo diferente» nesta reta final de campeonato, fazendo um paralelo com o que aconteceu na jornada passada (empate 2-2 na Amadora), querendo «fazer melhor aquilo que já sabemos fazer». Verdade é que Rio Ave tem sete empates nos últimos dez jogos disputados, mais duas vitórias e um empate, combinação de resultados que o coloca no 11.º lugar. Porém, até ao último lugar são nove pontos de distância.

Não podemos olhar para as estatísticas apenas por um lado. O Rio Ave apresenta uma invencibilidade que dura há dois meses. Embora tenha registrado apenas uma vitória nesse período, contra o Gil Vicente, a equipa de Vila do Conde acumula sete jogos sem perder. Uma consistência perigosa, estando a apenas três pontos atrás do Portimonense, que atualmente ocupa a zona de play-off de manutenção na Liga.

Mais, o Rio Ave sofreu apenas uma derrota na segunda metade da temporada, frente ao Famalicão.

O Arouca já garantiu a permanência no escalão máximo do futebol luso, estando agora focado em alcançar o 6º lugar na tabela.

Analisando os confrontos diretos entre as duas equipas, a balança pende ligeiramente para o lado do Arouca, que venceu oito dos 17 jogos disputados, contra sete vitórias do Rio Ave. No entanto, os jogos no Estádio dos Arcos têm sido mais favoráveis à equipa da casa, que venceu três vezes em comparação com as duas do Arouca, além de um empate.

O empate a dois golos na primeira volta desta temporada evidenciou a equilibrada disputa entre as duas equipas. Resta aguardar para ver se o Rio Ave manterá sua invencibilidade ou se o Arouca continuará sua recente sequência de vitórias, em busca de uma posição ainda mais elevada na classificação.

Rio Ave

Onze provável (3x4x3): Jhonatan Luiz; Patrick William, Cristian Devenish, Aderllan Santos; Marious Vrousai, João Teixeira, Mateo Tanlongo, Costinha; Fábio Ronaldo, Yakubu Aziz e Joca.

Castigados: nada a assinalar

Lesionados: Amine e Renato Pantalon

Em dúvida: Josué Sá

A figura: Costinha

É fundamental no flanco direito, mas também agrega uma mistura de solidez defensiva com contribuição no ataque. Com 24 anos, o médio português é uma presença constante no onze do Rio Ave, acumulando 2600 minutos de jogo na Liga.

O que disse Luís Freire na antevisão: «Espero, principalmente, ver uma equipa a ser ela própria. Quero um Rio Ave ofensivo, determinado, a atacar o Arouca. Quando há essa identidade, é a melhor maneira de defrontar os nossos adversários», começou por dizer, esta quinta-feira, o treinador Luís Freire, antes de partir para a análise da formação comandada por Daniel Sousa, que no final da época troca o Arouca pelo SC Braga.

Arouca

Onze provável (4x2x3x1): Arruabarrena; Bogdan Milovanov, Robson Bambu, Javi Montero, Weverson Costa; David Simão, Pedro Santos; Jason Remeseiro, Cristo, Sylla; Rafa Mujica.

Castigados: nada a assinalar

Lesionados: Tiago Esgaio

O que disse Daniel Sousa na antevisão: «Mais do que o 6º lugar é difícil. Mesmo esse lugar não depende só de nós, pois perdemos no confronto direto com o Moreirense. Para termos estabilidade na tabela temos de continuar a ganhar jogos. O nosso fator motivacional é aquilo que está inerente à natureza do jogo, que é ganhar os três pontos, é isso que procuramos. Temos um respeito brutal pelo Moreirense, pois tem feito um percurso bastante consistente ao longo de toda a época. Eles querem segurar o 6º lugar e nós queremos tirá-lo. Faltam ainda cinco jornadas e para nós é muito importante esse lugar de acesso à Taça da Liga.»

A figura: Rafa Mujica

Este ponta de lança espanhol está a fazer história no futebol português nesta época. Com 18 golos, é o jogador espanhol com mais golos numa só temporada no século XXI. Atualmente, é o terceiro melhor marcador da Liga, ficando apenas atrás de Banza, com 21 golos, e Gyokeres, com 22. A capacidade de finalização é uma ameaça constante para qualquer defesa e tem garantido pontos importantes nesta incrível segunda volta do campeonato.

Daniel Sousa: «Mais do que o 6.º lugar é difícil»

18 abril 2024, 16:15

Daniel Sousa: «Mais do que o 6.º lugar é difícil»

Técnico arouquense deixou elogios à segunda volta realizada pelo Rio Ave e frisou que não existem favoritos; sobre o objetivo da época, destacou que não depende apenas da sua equipa chegar ao 6.º lugar