Investidor suspende apoios ao União da Madeira

União 19-11-2019 20:11
Por Orlando Vieira

A empresa Carmo Rodrigues - Mediação Imobiliária LDA, acionista e investidor do União SAD, informou que suspendeu todos os apoios à SAD unionista. Em causa está a decisão da Assembleia Geral da SAD do clube madeirense que proibiu Nuno Sampaio, representante da referida empresa, em participar na reunião magna que teve lugar na segunda-feira e que nomeou Jaime Gouveia como novo presidente do Conselho de Administração do União SAD.

A dita empresa, que segundo Nuno Sampaio já tinha investido 50 mil euros e previsto a entrada esta semana de mais 250 mil euros, vai agir judicialmente contra Estanislau Barros, presidente da Assembleia Geral, Tânia Silva, presidente do Clube Futebol União, e António Lopes, acionista, bem como avançar com uma providência cautelar para suspender todas as deliberações que foram tomadas na assembleia da passada segunda-feira.
 

Segundo Nuno Sampaio, a Carmo Rodrigues -  Mediação Imobiliária LDA entende que no dia 18 assistiu-se «a um atentado terrotista sem precedentes ao União da Madeira perpetrado por Estanislau Barros, Tânia Silva e António Lopes, sendo que estas três personagens serão responsabilizadas pelos graves e deploráveis atropelos cometidos na assembleia geral do União». A empresa vai, por isso,  «responsabilizar civil e criminalmente os três identificados, responsáveis pelos atos terroristas que foram cometidos bem como pelos danos moraise patrimoniais causados à nossa empresa e à marca União da Madeira, aos seus jogadores, equipa técnica e funcionários».
 

A empresa repudia igualmente «a postura brejeira evidenciada pelo presidente da Assembleia Geral ao requerer a intervenção policial que em nada corresponde ao espírito e missão de um verdadeiro unionista», deixando a garantia: «Enquanto acionista de pleno direito da Sociedade Anónima Desportiva do União da Madeira, não abdicamos de desencadear todos os mecanismos judiciais para defesa do nosso bom nome e reputação social, demandando todos aqueles que prejudiquem os nossos interesses.»

Ler Mais

A PAIXÃO CONTINUA EM CASA


O momento particular que vivemos determina a permanência das pessoas em casa além do fecho de todas as lojas comerciais alterando dramaticamente os hábitos das pessoas no que toca à leitura e ao acesso à informação.

Neste momento de grandes dificuldades para todos, estamos a trabalhar a 100% para continuar a fazer-lhe companhia todos os dias com o seu jornal A Bola , o site ABOLA.pt e no canal A Bola Tv.

Mas este trabalho só vale a pena se chegar aos seus clientes de sempre sem os quais não faz sentido nem é economicamente sustentável.

Para tanto precisamos que esteja connosco, que nos faça companhia, assinando a versão digital de A Bola e aproveitando a nossa campanha de assinaturas.

ASSINE JÁ

Comentários (5)

Últimas Notícias