Timo Werner não perdoa Tuchel

Chelsea Timo Werner não perdoa Tuchel

INTERNACIONAL21.02.202318:40

Em entrevista ao jornal britânico The Sun, o ponta de lança internacional alemão Timo Werner, que representou o Chelsea durante duas temporadas e regressou, no último defeso, ao RB Leipzig, onde se destacou antes da mudança para Londres, recordou a experiência nos blues e criticou fortemente o técnico compatriota Thomas Tuchel, despedido esta época do clube de Stamford Bridge.

«O maior problema foi ter colocado um avançado como Lukaku à minha frente na segunda temporada, depois de eu ter ganho a Liga dos Campeões jogando quase todos os jogos. Quando se vem do sucesso que tive na Alemanha ou com o Chelsea, jogando quase todos os jogos da primeira época, ganhando a Liga dos Campeões em 2021, marcando na meia-final contra o Real Madrid, marcando muitos golos, e tudo isto é um pouco esquecido pelo treinador, não é justo», disparou Timo Werner.

«No fim de contas, os treinadores gostam mais de uns jogadores que outros, é completamente normal e temos de aceitar isso. Voltei ao RB Leipzig para voltar a desfrutar, porque já não sentia isso [no Chelsea] e é algo absolutamente necessário para se ser bem-sucedido», afirmou o atacante que custou aos cofres do Chelsea €53M e foi contratado pelo clube germânico por €20M.

Esta temporada, o companheiro de equipa de André Silva soma 13 golos e 5 assistências em 23 jogos, superando os números atingidos nos blues: na época passada apontou 11 golos em 37 jogos e 12 golos em 52 partidas na temporada de estreia.

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer