Sevilha explica transferência falhada de Bozeník
IMAGO

Sevilha explica transferência falhada de Bozeník

NACIONAL02.02.202415:28

Víctor Orta garante que estava «tudo acertado com o Boavista»; explica que o negócio caiu por «dois requerimentos de apreensão de dinheiro de dívidas que o Boavista tem com uma terceira entidade»; axadrezados falam em desculpas de um clube para com os seus adeptos

Depois de ter tudo acertado para se juntar ao Sevilha, Bozeník acabou por ver a sua transferência do Boavista para os espanhóis cair por terra, nas últimas horas do mercado de inverno.

Víctor Orta, diretor-desportivo dos sevilhanos, explicou esta sexta-feira, em conferência de imprensa, as razões que levaram à queda do negócio.

«Recebemos dois requerimentos de apreensão de dinheiro de umas dívidas que o Boavista tem com uma terceira entidade. O valor desses requerimentos judiciais era superior ao da transferência. Obviamente comunicámos ao Boavista que recebemos requerimentos judiciais e que teríamos de incluí-los no contrato, numa nota, assumindo que isto foi recebido por parte do Sevilha», afirmou o antigo dirigente do Leeds.

«Eles pediram-nos tempo para negociar esses valores com os credores. Demos tempo, insistimos, procuramos uma solução, e durante a tarde pediram-nos mais duas horas para tentar negociar essa dívida com os credores e fazer com o que o contrato se tornasse válido. Acabaram por não conseguir, o jogador não pôde assinar, porque eles não queriam que o dinheiro da transferência fosse para os tais credores», revelou.

Entretanto, fonte do emblema axadrezado afirmou a A BOLA que o clube não vai comentar as desculpas de um clube para com os seus adeptos, garantindo que houve uma abordagem inadequada ao jogador, que originou uma viagem sem autorização a Sevilha. Segunda esta mesma fonte, o Sevilha não chegou aos mínimos para que a operação se realizasse.