Ruben de la Barrera pede desculpa aos adeptos: «Olhando para o chão, não se ganha jogos»
Ruben de la Barrera, treinador do Vizela, D.R.

Ruben de la Barrera pede desculpa aos adeptos: «Olhando para o chão, não se ganha jogos»

NACIONAL28.01.202422:59

O treinador do Vizela acredita que equipa vai sair da situação difícil em que se encontra

Ruben de la Barrera, treinador do Vizela, demorou a chegar à flash-interview da SportTV porque esteve no balneário a falar efusivamente com os seus jogadores.

A derrota foi demasiado pesada? «A primeira parte foi definitiva, tivemos 4 ocasiões claríssimas e o Arouca aproveitou um penálti e um erro nosso. O problema é a situação emocional que temos. Na segunda, o terceiro golo deles ampliaria essa situação emocional, mas temos de olhar para nós mesmos e tomar decisões porque o que fazemos bem não se traduz em eficácia defensiva e ofensiva e cometemos erros a mais a nível mental.»

Equipa sofreu 13 golos recentemente, o que fazer? «Primeiro, treinar. Pretendemos ajustar. O que é certo é que a tabela influencia, pesa o dobro. Temos de jogar para ganhar jogos, da maneira que aqui está claramente marcada e definida, e querer fazê-lo a nível emocional, com gente forte».

Muitos adeptos saíram antes do tempo, não ganha há 9 jogos, está no fundo da tabela... Continua a acreditar no sucesso? «Quero pedir desculpa aos adeptos, é a terceira derrota pesada. Mas está claríssimo para mim. Acredito totalmente, sabemos o que treinamos e trabalhamos. Mas, neste período, temos de rodear-nos das pessoas indicadas e corretas. Com mentalidade preparada e ótima para competir. Olhando para o chão não se ganha jogos. O diagnostico que há é tomar medidas».