Ministério Público não vai pedir recurso no caso de Christophe Galtier
Christophe Galtier, treinador do Al Duhail. Foto IMAGO/NurPhoto

Ministério Público não vai pedir recurso no caso de Christophe Galtier

INTERNACIONAL29.12.202316:43

O treinador francês estava acusado de assédio e discriminação mas foi ilibado

O Ministério Público de Nice anunciou que não vai pedir recurso no caso de Christophe Galtier, após o técnico ser absolvido das acusações de assédio e discriminação que sobre ele recaíam.

Em comunicado, os advogados do treinador, agora no Al Duhail do Catar, dizem que «esta decisão do Ministério Público de não recorrer da absolvição encerra definitivamente este caso e confirma o carácter calunioso das acusações feitas contra Christophe Galtier.» O técnico deverá agora colocar uma ação em tribunal contra membros da comunicação social por difamação, avança o L'Equipe.

O treinador havia sido acusado de assediar e discriminar elementos do Nice quando foi treinador do clube, na época 2021/22. O ministério público pediu, na altura da acusação, um ano de pena suspensa e o pagamento de uma multa de 45 mil euros.