Mercado (oficial): Nanu fortalece ala direita do Estrela da Amadora
Nanu (à direita), ao serviço do FC Porto e em disputa com Jan Vertonghen (à esquerda), que à data representava o Benfica. Foto: Imago.

Mercado (oficial): Nanu fortalece ala direita do Estrela da Amadora

NACIONAL31.01.202423:21

Tricolores oficializaram o empréstimo do guineense, ex-FC Porto, sem opção de compra; reforçará duas posições em simultâneo, constituindo opção para ala e extremo pela direita

Um último dia de mercado verdadeiramente alucinante para o Estrela da Amadora, que oficializou quatro entradas: depois de Rúben Lima, Tashan Oakley-Brooks e André Dhominique, o emblema da Reboleira irá fortalecer a sua ala direita com a incorporação de Nanu, que chega a título de empréstimo por parte dos turcos do Samsunspor até ao final da época e, confirmou A BOLA, sem qualquer opção de compra prevista.

A contratação do experiente lateral, de 29 anos, visa garantir experiência competitiva e torna-se possível em função das suas pretensões em jogar com maior regularidade, algo que não sucede na Turquia, onde competiu por apenas cinco vezes e sempre enquanto suplente utilizado. De resto, Nanu contabiliza apenas 50 minutos de utilização em toda a temporada pelo emblema ao qual ainda está ligado por mais uma época e meia e espera aumentar exponencialmente esses números ao cumprir a segunda metade da época de tricolor vestido.

Nanu, de 29 anos, que esteve contratualmente ligado ao FC Porto durante duas épocas e meia e cumpriu 21 partidas pela equipa principal dos azuis e brancos, oferecerá versatilidade ao plantel do Estrela visto que irá ser opção para duas diferentes posições; como ala direito, onde o clube amadorense conta com Jean Felipe e Hevertton Santos, e também mais adiantado, como extremo. 

A SAD estrelista decidiu não contratar nenhum extremo puro para suplantar a saída de Ronald, que rumou ao Swansea, e a capacidade de Nanu para alinhar também nas alas ofensivas dispensa também a necessidade de dispensar qualquer jogador para que o internacional A pela Guiné-Bissau possa entrar no plantel.