Francisco Conceição: «Ainda não viram a minha melhor versão»
IMAGO

Francisco Conceição: «Ainda não viram a minha melhor versão»

NACIONAL24.01.202418:09

Em época de afirmação, extremo azul e branco garante que é capaz de fazer ainda mais; sublinha importância da experiência nos Países Baixos, ao serviço do Ajax

Em entrevista à Revista Dragões, Francisco Conceição não deixou nenhum tema por abordar, desde a afirmação no plantel principal do FC Porto esta temporada, até à experiência de «aprendizagem» nos Países Baixos e aos motivos que o levaram a regressar aos azuis e brancos.

Em ano de afirmação no Dragão, com quatro golos e quatro asssistências, o número 10 dos portistas assegura que o melhor está ainda para vir: «Ainda não viram a minha melhor versão. Disso tenho a certeza, porque sei do que sou capaz e do que vou conseguir demonstrar às pessoas».

Apesar de ter somado poucos minutos pela equipa principal do Ajax, o extremo canhoto revela que o ano passado no campeonato neerlandês foi de «aprendizagem», tendo em conta a realidade diferente que encontrou nos Países Baixos: «Acho que foi uma aprednizagem e não posso dizer que foi mau, porque aprendi mesmo muita coisa. Se agora me sinto muito mais confiante e feliz muito se deve a essa passagem e à consciência que passei a ter de muitas coisas.»

Relativamente às diferenças entre a Liga portuguesa e a neerlandesa, o jovem de 21 anos não tem dúvidas: «O futebol português é mais competitivo, acho que as equipas são mais bem organizadas e trabalhadas. Lá dependem muito da qualidade dos jogadores, há muito mais espaço para jogar e não se vê o mesmo do que aqui.»

Francisco Conceição admite ainda que «mudou muito» desde que saiu e regressou, e assume que voltar a um clube onde se sente «verdadairamente feliz» era a melhor opção: «Sei que tinha propostas do estrangeiro, mas achei que deveria voltar ao sítio onde me sinto verdadairamente feliz, e depois de o FC Porto em contactar, percebi que era a melhor opção.»