Chora após marcar e não esquece gesto de António Oliveira: «Esteve lá e deu-me a mão»
Yuri Alberto, avançado do Corinthians (IMAGO / Fotoarena)

Chora após marcar e não esquece gesto de António Oliveira: «Esteve lá e deu-me a mão»

INTERNACIONAL12.02.202407:53

Yuri Alberto, que fez um dos golos da vitória do Corinthians frente à Portuguesa, lembrou a relação que tem com o treinador português desde que se cruzaram no Santos

Yuri Alberto não conteve as lágrimas após marcar um dos golos na vitória do Corinthians, por 2-0, frente à Portuguesa, para o Paulistão, na estreia de António Oliveira como treinador. O avançado deixou elogios ao técnico português, lembrando 2020, ano em que se cruzaram no Santos (António Oliveira era adjunto de Jesualdo Ferreira).

«Agradecer ao António, que chegou e está a fazer um grande trabalho. Quando ninguém tinha a obrigação de me ajudar no Santos, no fim do meu contrato, ele esteve lá e foi quem me deu a mão e me ajudou. Vou com ele até ao fim. Vamos trazer os adeptos ainda mais para o nosso lado», referiu.

Já contestado pela massa adepta, Yuri Alberto viu o seu nome ser gritado depois do jogo nas bancadas: «É muito gratificante, mas também triste quando as coisas não vão pelo lado bom. Foi um momento difícil para mim, mas os meus colegas deram-me apoio. A minha família também. Esqueço tudo quando estou com a minha filha em casa (emocionado). Agradecer a toda a minha família pelo apoio.»