Laporta comenta hipótese Guardiola e fala sobre… guardanapo especial de Messi
Joan Laporta, presidente do Barcelona (IMAGO/ZUMA Wire)

Laporta comenta hipótese Guardiola e fala sobre… guardanapo especial de Messi

INTERNACIONAL02.02.202411:14

Presidente do Barcelona abordou também a saída de Xavi: «Se não fosse o Xavi, já o tinha despedido»

Joan Laporta falou sobre a sucessão a Xavi, que anunciou recentemente que vai deixar o Barcelona no fim da época, tendo sido confrontado sobre as hipóteses de Guardiola e Hansi Flick serem opções para o clube.

«Guardiola tem contrato com o Manchester e quer respeitá-lo. Não costuma deixar os clubes antes do fim do contrato. Falo com ele e sei quais são os planos que tem. Flick? Não falei com nenhum treinador, esse trabalho é do Deco, Rafa Márquez [da equipa B] não está descartado, porque está a fazer um bom trabalho», disse, em entrevista ao programa El Món a RAC1.

O presidente dos blaugrana confessou que nunca pensou em despedir Xavi… por ser… Xavi.

«Se não fosse o Xavi, já o tinha despedido. Faria isso pelo Barcelona. Disse-nos que se demitia e pediu para terminar a época. Disse-nos também que renunciava ao ano que faltava do seu contrato. Disse-o com muita convicção. Respondi-lhe que tínhamos de lutar para manter a estabilidade. Ele pediu-nos para o ouvirmos. Disse-lhe que só aceitava esta fórmula, porque ele é o Xavi. Assumiu o clube numa situação muito complicada. Esteve muito bem na época passada, de uma forma excelente na La  Liga e na Supertaça. Pensámos que reforçar o plantel e manter o que tínhamos iria correr bem e correu mal. Despedir o Xavi? Nunca pensei nisso», afirmou.

Xavi: «É cruel treinar o Barcelona»

30 janeiro 2024, 12:33

Xavi: «É cruel treinar o Barcelona»

Treinador falou pela primeira depois de anunciar saída em junho e disse que já tinha decidido no início da época; admitiu voltar

«Não vou despedir o Xavi, porque não merece. Merece que confiemos nele. Isso é com ele, mas vamos lutar pela La Liga e também pela  Liga dos Campeões. Temos equipa para vencer o Nápoles. Esta fórmula depende muito do Xavi e não tenho dúvidas quanto ao empenho dos jogadores. Isso é fundamental para que a fórmula funcione e o Xavi é suficientemente honesto para nos dizer o que tem a dizer. Além disso, sempre lhe agradeci por ter em conta os nossos esforços para podermos contratar. Investimos o nosso próprio dinheiro para podermos contratar jogadores», completou.

Laporta falou ainda sobre o guardanapo com o primeiro contrato entre Messi e Barcelona que vai a leilão: «Quem o comprar que o ceda ao nosso museu. Não vamos entrar em leilão. Homenagem ao Messi? Será quando quiser.»