Frederico Varandas explica opção por Silas

Sporting 28-09-2019 22:28
Por Redação

Em entrevista à SIC, o presidente do Sporting falou sobre o processo desde a saída de Marcel Keizer até à contratação de Jorge Silas.

«Não envergonha ninguém, ainda para mais um treinador com confiança que Silas tem. Ao despedir Keizer, procurámos alternativas, preferencialmente um treinador português e com grande currículo europeu. Tentámos, um mostrou que desejava projetos onde pudesse lutar pela Champions, outro, que também recusou, e posso dizer sem problema algum, que disse ‘não tenho paciência para aturar um clube de malucos como o Sporting’. Esta é a visão que muitos treinadores têm hoje do Sporting e nós, universo Sporting, temos de contrariar. Um treinador quando chega, não vem só por razões financeiras. Chega também pelo projeto, estabilidade e aí não é só dinheiro», disse Frederico Varandas.

 

Confrontado com nomes como Leonardo Jardim ou José Mourinho, o líder leonino referiu: «Mourinho quer abraçar projeto que lute pelas competições europeus, acha que Sporting não luta pela Champions, mas essa é a realidade portuguesa. José Mourinho quer projeto que vença a Champions e esse projeto não existe em Portugal. Outros grandes treinadores portugueses recusaram porque, independentemente de tudo, não têm paciência para aturar um clube como o Sporting.»

Sobre Marcel Keizer:

«Foi escolhido porque tem um perfil, e em novembro de 2018 tivemos uma grande dificuldade em escolher treinador, pois as pessoas têm de perceber que a realidade do Sporting não era muito atrativa. Hoje está melhor, pouco melhor, mas é mais atrativa. Apostava nos jovens, num futebol de equipa grande, atacante, e resultou inicialmente, com dois títulos. O que para nós falhou? Keizer sentiu dificuldades em adaptar-se ao futebol português. Na verdade teve. E foi dando sinais. Que sinais? Mais do que os resultados, era a forma como não se controlava os jogos. E entendemos que, apesar dos títulos, estava na hora de mudar. As pessoas querem é ganhar. Muitas vezes ando na rua e os adeptos dizem-me para olhar para a máquina que o rival da Segunda Circular tem montada. Eu digo que já vi e faço a pergunta: quantos anos demoraram a montar essa máquina? E quantos anos demoraram a vencer?»

 

Frederico Varandas, de qualquer forma, fez questão de vincar toda a confiança em Silas. «Eu e esta Direção tivemos duas apostas (Keizer e Silas) e acreditamos que com o Silas e com qualidade do grupo vamos recuperar da queda que demos do início da época. Tem de fazer a equipa crescer, sabe disso e vai fazer. Silas tem um ótimo grupo em que acreditamos. Se é o grupo perfeito? Que gostaríamos? Não temos milhões para investir. »

Ler Mais
Comentários (60)

Últimas Notícias