Guarda-redes da seleção detido na Rússia por fugir ao exército

HÓQUEI NO GELO 01-07-22 11:5
Por Redação

O sonho de Ivan Fedotov tornou-se num pesadelo. Titular da seleção russa que venceu a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 e da Taça Gagarine com o CSKA, o guarda-redes de 25 anos assinou com os Philadelphia Flyers, equipa norte-americana de hóquei no gelo.

Contudo, quando se preparava para viajar para os Estados Unidos, acabou por ser detido em São Petersburgo. De acordo com o Sports Express, Fedotov é acusado de fugir ao serviço militar obrigatório e vai ter de responder às autoridades.

De acordo com a lei em vigor na Rússia, a deserção é punida com uma pena máxima de dois anos de prisão. Contudo, a imprensa daquele país avança que o mais provável é que Fedotov seja incorporado no exército e enviado para frente da Ucrânia.