Taça Davis: João Sousa perde e deixa Portugal mais longe da qualificação
João Sousa perdeu em dois sets contra Emil Ruusuvuori (IMAGO/GEPA pictures)

Taça Davis: João Sousa perde e deixa Portugal mais longe da qualificação

TÉNIS02.02.202418:41

Vimaranense não resistiu a Emil Ruusuvuori; Heróis do Mar estão a perder 0-2 na eliminatória que garante acesso à fase de grupos do torneio

Portugal termina o primeiro dia da eliminatória de qualificação para a fase de grupos da Taça Davis a perder 0-2 com a Finlândia. Depois de Nuno Borges (47.º) ceder o encontro inaugural frente a Otto Virtanen (166.º), João Sousa também não evitou derrota contra outro rival finlandês, Emil Ruusuvuori (55.º), também por 2-0, com os parciais 6/2 e 6/3.

O vimaranense de 34 anos entrou muito apagado no duelo e encontrou-se a perder por 5/0, antes de conseguir recuperar um break de desvantagem para o nórdico. Ainda assim, não evitou desaire nesta partida. No segundo, o empate manteve-se até ao 2/2, mas depois de o escandinavo vencer o seu jogo de serviço quebrou imediatamente o saque do luso, conseguindo a vantagem necessária para colocar a Finlândia perto da qualificação para a fase seguinte da prova.

Os Heróis do Mar estão assim perto de ser eliminados pelo conjunto liderado por Jarkko Nieminen e podem ver essa possibilidade tornar-se realidade já no próximo duelo, caso a dupla composta por Harri Heliovaara e Patrik Niklas-Salminen vença a parceira entre Nuno Borges e Francisco Cabral.

Refira-se que esta é a quinta vez que a seleção nacional tem chances de atingir a fase de grupos da Taça Davis, etapa da competição a que os portugueses nunca chegaram.