Sporting: «Gyokeres vive momento ‘ketchup’ de Ronaldo»
Gyokeres, melhor marcador da Liga, com 22 golos, está há quatro jogos sem marcar (IMAGO)

Sporting: «Gyokeres vive momento ‘ketchup’ de Ronaldo»

NACIONAL15.04.202408:30

João Gomes, antigo vídeo analista do Coventry, destaca mentalidade do sueco, que está em branco há quatro jogos

Viktor Gyokeres não marca há quatro jogos consecutivos e o descontentamento consigo próprio é por demais evidente.

Antes de lhe dizermos quando foi tirada a fotografia abaixo, o leitor pensará que o resultado deste jogo não foi favorável aos leões. Mas não... Este semblante de Gyokeres é após a vitória do Sporting em Barcelos, frente ao Gil Vicente (4-0), o quarto jogo consecutivo em que não marcou, depois de até ter festejado o quarto golo, mas que a Liga acabou por atribuir autogolo ao guarda-redes  Andrew. O sueco ficou mesmo com azia e no dia seguinte, numa publicação nas redes sociais em que Diomande agradeceu a assistência a Pote, o avançando reagiu: «Gostaria de dizer o mesmo...»

Gyokeres após a vitória em Barcelos (Sporting CP)

E se este é o período de maior seca que vive de leão ao peito, houve outros bem maiores... Em 2020/2021, no Coventry, esteve 13 jogos sem faturar, numa altura em que o português João Gomes, trabalhava para o clube inglês, como vídeo analista. Em declarações exclusivas a A BOLA, o agora treinador na Universidade de Liverpool John Moores e de uma equipa semi-profissional no South Liverpool, destaca a personalidade do sueco.  

João Gomes é treinador em Liverpool (D. R.)

«É um jogador com a mentalidade certa, as oportunidades são criadas. Gyokeres vive momento do ketchup de Ronaldo. Quem não se lembra dessa célebre frase? [n. d. r. «Não estou nada preocupado. Os golos são o como ketchup: quando aparecem, é tudo de uma vez», disse CR7 antes da estreia de Portugal no Mundial 2010]. Ele entende que há um processo e que o seu papel está a ser cumprido e tem sido espetacular já ter marcado tantos golos. Esse período no Coventry foi uma época muito atribulada, em 2021/2022, apesar de nem sempre ter sido titular, conseguiu afirmar-se», realçou.

Sporting foi o projeto ideal. Não encontrando a equipa certa, julgo que o melhor seria permanecer

O facto de Gyokeres parecer estar sempre insatisfeito com o seu desempenho deve-se, na opinião de João Gomes, à «mentalidade ganhadora». «É um jogador que até cobra à equipa técnica, isso vê-se na rotação que Amorim faz e Gyokeres fica sempre em campo os 90 minutos, e isso é muito importante para ele, que está completamente focado nos golos», acrescentou, realçando que «a mentalidade é o ponto-chave de Gyokeres e, diga-se, que o Sporting foi o projeto ideal para ele, com Rúben Amorim a ser fulcral, porque o entende na perfeição. Tem feito uma carreira em crescendo, e com 25 anos, tornou-se num jogador influente, fruto do seu trabalho.»

Influência além-fonteiras

O nome de Gyokeres promete aquecer o mercado de transferências de verão, apesar de o Sporting ter o avançado blindado com uma cláusula de rescisão no valor de €100 milhões. As recentes declarações do empresário do avançado, Hasan Cetinkaya, que foi taxativo ao afirmar que o jogador dificilmente ficará em Alvalade se Rúben Amorim, deixando antever que o sueco deve regressar a Inglaterra, com o Arsenal a ser dado como principal interessado.

«Cada vez mais os ingleses têm interesse na Liga portuguesa, não só pelos treinadores lusos que têm sucesso no estrangeiro, mas também muito por culpa de Gyokeres, cuja influência é um caso fora de série. Para dar um exemplo, tenho miúdos das minhas equipas de formação a usarem o festejo do Gyokeres, é impressionante», contou João Gomes, que considera que o sueco está pronto para tudo.

«Tem qualidade para outros voos, mas tem que encontrar a equipa certa. É um avançado peculiar e nem todas as equipas são tão móveis para o jogo dele. É um jogador que está sempre focado em fazer o melhor e dá tudo para atingir os objetivos, não só pessoais como coletivos. Não encontrando a equipa certa, julgo que o melhor seria permanecer mais um ano no Sporting», considerou.

Sporting foi o projeto ideal. Não encontrando a equipa certa, julgo que o melhor seria permanecer

Amorim gera muita curiosidade

João Gomes vive em Liverpool e confessou a A BOLA que nas últimas semanas tem sido bombardeado com perguntas sobre Amorim.

«Por aqui estão muito entusiasmados. E como sabem que sou português querem saber tudo sobre o Rúben Amorim, alguém a quem só tenho coisas positivas a apontar. Principalmente sobre o sistema de 3x4x3 que implementou no Sporting. Já tive algumas discussões interessantes com treinadores de cá sobre esse assunto. Há também a questão de que jogadores é que o Amorim pode trazer com ele e como vai adaptar os que já cá estão, principalmente o Alexander-Arnold», relatou.

Rúben Amorim, treinador do Sporting (Foto: IMAGO)

Mas, há uma garantia deixada pelo português: «Seria uma mudança de filosofia no clube, mas isso também aconteceu com o Klopp. Os adeptos estarão sempre com o treinador, são muito ligados, com o Amorim vai ser igual, vão-lhe dar tempo.»