Sérgio Vieira: «O segredo da vitória foi uma mudança ao intervalo»
Sérgio Vieira treinador do Estrela da Amadora (Foto: Maciej Rogowski/Imago)

Sérgio Vieira: «O segredo da vitória foi uma mudança ao intervalo»

NACIONAL10.12.202318:30

Saída de André Luiz no descanso foi determinante, explicou o técnico do Estrela da Amadora, deixando recomendações ao jogador

Sérgio Vieira congratulou-se com o regresso do Estrela da Amadora aos triunfos, depois de quatro jogos sem vencer, um dele referente à Taça de Portugal.

«O segredo [do sucesso] do Estrela da Amadora são muitos fatores: os nossos adeptos. Jogar em casa é fantástico, tê-los a apoiar-nos em Vila do Conde como noutros jogos tem sido fantástico; o espírito e o foco destes jogadores, que mesmo estando o plantel extremamente limitado, é outra razão. Hoje tínhamos apenas um lateral no banco, o Shinga, agora perdemos o Kialonda [5.º amarelo] e teremos de encontrar soluções para o jogo de sexta-feira [contra o Farense]. Mas o segredo tem sido a atitude e o acreditar de todos os jogadores do nosso plantel, desenvolvê-los, fazê-los crescer», resumiu.

O momento definidor do jogo foi o intervalo e a mudança de um jogador. Saiu André Luís, entrou Kikas, autor do terceiro golo. O treinador deixou notas a André Luiz… «A mudança para a segunda parte foi alterar um jogador. O André [Luiz] tem um talento fantástico, tem condições para atingir um nível que se calhar nem ele imagina, de top, mas em termos táticos a nossa primeira pressão estava a ser mal efetuada, devido aos estímulos que ele estava a dar e por vezes não estava a dar. Melhorámos nesse aspetos, a nossa primeira linha de pressão foi mais ativa, à nossa imagem, começámos a ter mais bola, equilibramos nas jogadas de perigo e nas chegadas ao último terço e de uma forma natural chegámos ao golo, à vantagem. Infelizmente cometemos um erro na nossa saída que deu em golo deles, mas fomos a tempo de correr atrás do prejuízo», analisou. 

«Podíamos até ter ampliado o resultado antes de o Boavista empatar, mas acho que foi uma vitória justa pela nossa eficácia, pelas oportunidades que tivemos, pela entrega, e pelas circunstâncias em que estamos e que o Boavista também está. As opções são precárias para gerir a estratégia e os objetivos do jogo», lamentou Sérgio Vieira.