Ronaldo lesiona-se e autoridades adiam jogos na digressão na China
Cristiano Ronaldo (IMAGO / Sports Press Photo)

Ronaldo lesiona-se e autoridades adiam jogos na digressão na China

INTERNACIONAL23.01.202414:39

Internacional português pediu desculpa em conferência de imprensa

Cristiano Ronaldo lesionou-se e o Al Nassr adiou os jogos que tinha agendados para quarta-feira e domingo, frente a Shanghai Shenhua e Zhejiang, respetivamente, na digressão na China. A decisão foi anunciada esta terça-feira, com o internacional português a pedir desculpa.

«Como sabem, no futebol há coisas que não se podem controlar. Já joguei 22 anos de futebol e sou um jogador que não tem muitas lesões. Por isso, estou muito triste, porque eu e o Al Nassr viemos à China para desfrutar da digressão. Venho à China desde 2003/2004, por isso sinto-me em casa aqui. É a minha segunda casa. Sinto que aqui sou sempre especial. Sinto-me triste. Sei que vocês também estão tristes, especialmente as pessoas que gostam do Cristiano, mas temos de ver isto de uma forma positiva. Não cancelámos o jogo, queremos fazer força para que o jogo se realize e estarmos de volta aqui. Vamos voltar. Infelizmente, tenho alguns problemas, mas isto faz parte do futebol e da minha vida. Estou aqui, estou com os adeptos, estou com o povo chinês e vamos continuar aqui. Podemos ver lá fora as pessoas que estão connosco. Estamos tristes, porque sabíamos que isto podia acontecer. Vamos voltar para fazer o povo chinês feliz. É esse o meu objetivo. Quero jogar para vocês. Não fiquem tristes. Espero que compreendam as circunstâncias de um jogador de futebol», referiu, em conferência de imprensa.

Messi mal pode esperar pelo duelo... com CR7

10 janeiro 2024, 20:11

Messi mal pode esperar pelo duelo... com CR7

Campeão do Mundo argentino começou a publicitar a participação do Inter Miami na Riade Season Cup, que se joga de 29 de janeiro a 1 de fevereiro, com o Al Nassr de Luís Castro e o Al Hilal de Jorge Jesus

Refira-se que está agendada para fevereiro uma partida entre Inter Miami, de Messi, e Al Nassr, de Cristiano Ronaldo, não se sabendo, assim, se o capitão da Seleção Nacional estará apto para entrar em campo.