Petit: «Tenho o melhor grupo do Mundo»
Petit está ciente das dificuldades que o Boavista irá ter pela frente no terreno do UD Oliveirense, mas quer seguir em frente na Taça

Petit: «Tenho o melhor grupo do Mundo»

NACIONAL12.10.202323:35

Treinador do Boavista falou ao Canal 11 sobre a boa campanha da equipa esta época

Petit foi convidado pelo Canal 11, na qual revelou alguns dos segredos do Boavista na corrente temporada. Apesar das dificuldades que os axadrezados atravessaram no defeso, com o impedimento de contratar reforços, a equipa está no 6.º lugar da tabela classificativa.

«Nunca imaginávamos que fosse possível, mas sabemos o que é o nosso trabalho e o que podemos fazer. É um ano difícil, com as circunstâncias que envolvem o Boavista nos últimos tempos, mas com a base que transitou da última época e os atletas que chegaram de empréstimos, embora com pouca experiência da Liga, poderemos fazer coisas bonitas. Os jogadores acreditam e eu incuto-lhes essa ambição», explicou o técnico das panteras, observando «um processo de crescimento».

«Posso não ter os melhores jogadores, mas tenho o melhor grupo do Mundo», assegurou, embora antevendo que o grupo do Bessa «passará por momentos bons, outros menos bons, e estamos preparados para reagir».

Uma das figuras do Boavista é o avançado Tiago Morais, cuja presença no onze e as boas exibições o catapultaram para a seleção nacional sub-21. «Dei-lhe os parabéns aquando da chamada. É fruto do trabalho que tem vindo a desenvolver. Cresceu na formação do Boavista. Estamos a aproveitar a boa fase dele. Tem todo o mérito», explicou Petit.

O técnico também abordou o percurso de Reisinho, médio que tinha falhado as duas últimas temporadas devido a lesão. «Tinha dúvidas. Estava indeciso. Era para rodar, ganhar maturidade, mas chegou à pré-época completamente diferente. Está a mostrar a qualidade que tem. Está mais intenso, mais agressivo e melhor preparado fisicamente», referiu sobre o atleta que já somou nove participações e 693 minutos em campo em jogos oficiais.

Há vários atletas a conquistar destaque nesta formação axadrezada, contudo Petit não se atemoriza com o mercado de janeiro. «Será bom sinal. Será sinal de que estamos numa boa posição e a trabalhar bem. Se for bom para todos estarei de acordo», antecipou o responsável das panteras.

A crise financeira do clube também foi abordada pelo Boavista. «Já tínhamos passado por isto. Tenho de ser sincero, pois o treinador é o exemplo para o jogador. Só podemos controlar o processo de treino. Não vale a pena ficarmos zangados. Há controlos salariais. Os jogadores são fantásticos, estamos em sintonia e temos boa relação. Sabemos das dificuldades que o clube atravessa. É preciso não esquecer que neste contexto estão outras pessoas que não estão abrangidas pelo controlo salarial da Liga. Se ganharmos é bom para toda a gente», exprimiu Petit.