Messi fala de ausência: «Foi um azar não poder estar no jogo de Hong Kong»
Lionel Messi comentou ausência (Foto: IMAGO)

Messi fala de ausência: «Foi um azar não poder estar no jogo de Hong Kong»

Governo local criticou o facto de o avançado argentino não ter participado no particular que o Inter Miami realizou na região; clube alegou lesão

Lionel Messi explicou esta terça-feira os motivos que o levaram a ficar de fora do particular que o Inter Miami realizou frente a um combinado de jogadores de Hong Kong, depois de a ausência ter sido criticada pelo governo local.

«A verdade é que foi um azar não poder estar na partida de Hong Kong», afirmou o avançado argentino, lembrando que sentiu queixas num adutor na Arábia Saudita, que o impediram de jogar com o Al Hilal, tendo ido a jogo os minutos possíveis frente ao Al Nassr para ver como se sentia: «Fiz uma ressonância e tinha um edema.»

«Infelizmente são coisas do futebol, pode acontecer algo em qualquer encontro e não podemos jogar. Quero sempre participar, quero jogar, sobretudo nestes jogos em que viajamos para tão longe e as pessoas querem ver os nossos jogos», acrescentou.

O internacional argentino revelou que se sente melhor fisicamente, não sabendo contudo se pode ir a jogo no particular com o Vissel Kobe, no Japão: «Não sei se posso ou não, mas sinto-me muitíssimo melhor e com muita vontade de poder fazê-lo. Hoje vamos treinar, vamos testar de novo. Tenho boas sensações.»